o movimento

skinhead?

O que é

Todos já ouvimos falar dos skinheads neonazistas e suas desavenças com o movimento punk pelas ruas do mundo, mas muitos não conhecem as origens e variações do movimento.

Nos os anos 50 e 60, muitos movimentos surgiram da contracultura na Inglaterra: teddy-boys, rockers, soul-boys, rude-boys, mod e hippies. Entre eles, mais precisamente em 1966, surgem os skinheads.

Era comum naquela época brigas constantes entre sos MODs e os Rockers. 
Os MODs mais violentos passaram então a usar acessórios de combate, como coturnos com bico de ferro.

Os chamados 'hard-mods' vieram a ser os primeiros skinheads, raspando a cabeça para não ter o cabelo puxado durante as brigas.

Os skinheads eram contrários a todos os outros movimentos, principalmente aos hippies, por considerá-los 'garotos ricos'.

Andavam em gangues e utilizavam da violência, porém nada tinham de racistas, pelo contrário: adimiravam os jamaicanos.
Sua principal influência era o ska e o rocksteady.

Seu grito, 'Oi!', (hey, você!) foi repercutido na trilha sonora da época.
Desse grito surge também o movimento Oi!, que utiliza boinas e roupas dos operários das fábricas inglesas.

A idade passou e os jovens envelhecereram. Logo, primeira onda skin acabou por volta de 1972.
O movimento volta a ganhar força com a chegada do movimento punk na Inglaterra.

Em pouco tempo, a violência do movimento ganhou causa com discursos de ódio influenciados pelo National Front (partido de extrema direita), levando o movimento para o nacionalismo e neonazismo.

Com a adesão ao neonazismo, subgrupos começam a surgir na cena para divergir dos neonazistas. Nos EUA, foi o S.H.A.R.P. (SkinHeads Against Racial Prejudice - SkinHeads Contra o Preconceito Racial).

Já na Inglaterra, o movimento Skin antifascista é o RASH (Red & Anarchist SkinHeads - SkinHeads Vermelhos e Anarquistas), com ideias políticas anarquistas ou comunistas.

Já na França, muitas gangues surgiram contra os neonazistas. Intitulados 'Caçadores de Nazistas', os membros saíam as ruas com o único propósito de bater em skinheads da extrema direita.

Usavam o estilo dos skinheads, porém com o cabelo de rampa como os Panteras Negras, e os casacos bomber do avesso durante brigas, mostrando o interior laranja para se diferenciarem.

O tempo passou e os fascistas arranjaram empregos, e já não usavam a cabeça raspada.
Os caçadores de skins voltam a usar as roupas e a representar o ideal. Trazendo o movimento de volta a sua origem.

Hoje ainda existem skinheads  neonazistas pelo mundo. São chamados de 'boneheads', usando a cabeça raspada totalmente na maquina zero.

Veja também:

o movimento

Filmes sobre