PORTAL DEMOCRACIA
Jornalismo Manchete Política

Viúva confirma morte do criador do Coronel Siqueira e aponta invasão da conta no Twitter

viuva-confirma- morte-do-criador-do-coronel-siqueira-e-aponta-invasao-da-conta-no-twitter

Atualização: o perfil do Coronel Siqueira foi reativado nesta terça-feira (30) e publicou um texto na revista Carta Capital em que rebate declarações da viúva e se diz criador do perfil.

Em uma live realizada pelo Diário Centro do Mundo (DCM) na noite desta segunda-feira (30), a advogada Patricia Liotte, que é viúva do advogado Sergio Vicente Liotte, confirmou a morte do marido, criador do perfil satírico do Twitter, Coronel Siqueira.

A conta tinha mais de 100 mil seguidores e era conhecida pelas críticas ácidas e ironias que fazia sobre política. Tratava-se do “único bolsonarista que tinha graça”, segundo o DCM.

Sergio era advogado e mestre em geologia. Ele faleceu aos 48 anos por pancreatite.

“É com imensa dor e pesar que informo o falecimento do meu marido, Sergio Vicente Liotte, na data de hoje. Agradeço as manifestações de pesar de todos os amigos. Att. Patricia Liotte”, escreveu a viúva no perfil de Twitter do advogado.

A morte de Liotte foi noticiada pelo DCM e gerou confusão entre internautas após o perfil Coronel Siqueira negar veementemente a informação e acusar o portal de mentir.

“Essa matéria do DCM é 100% falsa. Não sou e não conheço o cara da foto; Não tenho a menor ideia de por que eles resolveram publicar isso. Não existe uma linha ali que não seja inventada”, disse o perfil no início da noite.

O assunto foi parar entre os mais comentados do Twitter. Internautas acusaram o DCM de mentir sobre a morte do criador do Coronel Siqueira e atacaram o repórter do portal Fabrício Rinaldi, que produziu a notícia.

Com a repercussão do caso, o DCM realizou uma live com a advogada e viúva do criador do Coronel Siqueira, Patrícia Liotte. Ela relatou que o perfil do Coronel Siqueira era aberto a outros colaboradores e a página funcionava com “multipublicadores”.

“Não teria por que vir aqui falar de um perfil que não pertencesse ao meu marido. Nesse momento de dor, a última coisa que eu gostaria era de estar em uma live, mas para dar coro ao que o DCM está falando eu tive que vir a público”, afirmou Patrícia.

Ela declarou ainda que o perfil do Coronel Siqueira foi roubado.

“O cara está vindo atacar uma família que está em luto”, desabafou. “Jamais imaginei que a notícia do falecimento do meu marido, que vou enterrar amanhã, ia dar um bafafá tão grande e virar Trending no Twitter […] Um safado se aproveita de uma conta do meu marido abriu para várias pessoas publicarem, ele queria que fosse multipessoal. O Coronel não morreu, mas o criador morreu”.

O responsável pela invasão na conta do Twitter prometeu processar Patrícia e o DCM pela publicação da notícia.

Na live do portal, a advogada disse esperar que a conta fosse devolvida.

“Eu não me formei em direito e sou advogada a troco de banana. Se a pessoa quer processar, que venha, mas venha com prova porque prova aqui é o que não vai faltar. Mas se ele tiver o mínimo de dignidade, ele vai devolver a conta do Coronel”, afirmou.

Durante a live, o perfil do Coronel Siqueira foi apagado.

Related posts

Despertador recebe Manfred Back, Jacqueline Muniz, Celso Amorim e Paulo Teixeira

Bruna Pannunzio

André Mendonça é sorteado relator de notícia-crime contra Bolsonaro

João Baricatti

Champions League: Confira os resultados de hoje! (03/11)

João Baricatti

Leave a Comment