PORTAL DEMOCRACIA
Brasil Manchete

Via Varejo: ações despencam após aumento de reclamações trabalhistas

via varejo ações

As ações da Via Varejo, grupo de gigantes do varejo como Casas Bahia e Ponto, viu o valor de suas ações de suas ações despencarem nessa quinta-feira (11), na B3, bolsa de valores de São Paulo. A queda aconteceu em reação à divulgação que houve um aumento de 82% de reclamações de cunho trabalhista dentro da empresa no primeiro semestre desse ano, isso, em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo reportagem do UOL, às 13:21, as ações do grupo (VIIA3), caíram 12,06%. Mais cedo, quando a bolsa abriu, a queda chegou a ser de 13%. Nenhuma ação caiu tanto quanto a do grupo varejista. Em segundo lugar, estava a RADL3, do grupo Drogaraia e Drogasil, que caiu 2,6%.

via varejo ações
A Casas Bahia é uma das maiores empresas da Via Varejo (Foto: Carina Caracol/Wikimedia Commons)

Ações da Via Varejo despencam

A queda no preço das ações da Via Varejo veio em resposta à um relatório publicado pela empresa no fim da noite de ontem. Nele, eles relatam que vão destinar novos R$ 1,2 bilhão para para processos trabalhistas, somando ao R$ 1,3 bilhão que já eram esperados, a empresa vai ter que destinas R$ 2,5 bilhões para demandas trabalhistas.

Um fato que afetou muito negativamente uma das empresas da Via Varejo foi a onda de denúncias contra o fundador das Casas Bahia, Samuel Klein. As acusações relatavam diversos casos de abuso e assédio sexual cometidos pelo empresário. A Casas Bahia ainda não fazia parte da Via naquele momento mas, de qualquer forma, isso impactou de maneira negativa a visão da empresa sob o olhar público.

Related posts

Queiroga afirma que Brasil não vai exigir passaporte da vacina

João Baricatti

Kakay, Alexandre Padilha e Vecina no Despertador

Bruna Pannunzio

WhatsApp muda política de privacidade na Europa; entenda

João Baricatti

Leave a Comment