PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Saúde

Nova Vacina contra gripe deve chegar em março de 2022

vacina contra gripe

Atualmente o Instituto Butantan se prepara para aplicar uma nova vacina. O imunizante que atua contra a nova variante do vírus influenza H3N2, a Darwin, deve começar a ser aplicada no começo de 2022. Essa vacina será uma forma de “atualização” do imunizante, que vai ter como objetivo combater a variante que causou um surto de infecções no fim do ano passado.

Hoje o Butantan produz 80 milhões de doses do imunizante contra gripe para atender o Programa Nacional de Imunizações (PNI), criado pelo Ministério da Saúde.

Em entrevista ao g1, Ricardo das Neves, diretor de produção do Instituto Butantan, falou sobre a nova vacina e suas diferenças:

A nova vacina da gripe

De acordo com Ricardo das Neves, a previsão de produção e liberação de lotes deve ocorrer (no melhor cenário) no primeiro trimestre do ano, entre a segunda quinzena de fevereiro e o início de março. Atualmente, o Instituto está produzindo a atualização da cepa B.

gripe
Instituto Butantan já trabalha no novo imunizante | Foto: Reprodução/ Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

Já produzimos 100% da H1N1. Nesse momento, estamos produzindo IFA [Insumo Farmacêutico Ativo] da cepa B. Em janeiro, vamos iniciar a produção da Darwin. Nesse momento, estamos produzindo os bancos virais para começar o IFA da Darwin“, explica Ricardo.

Ricardo também explicado sobre o tipo de vacina que será produzida. Ela é do tipo trivalente, ou seja, contem três cepas. “A composição é sempre um vírus H1N1, um vírus B e um vírus H3N2. Ao longo do tempo, esses vírus vão sofrendo mutações e, seguindo as orientações da OMS, a gente vai atualizando“, afirma o diretor, que continua: “A diferença é que a quadrivalente tem uma cepa B a mais. Na trivalente, temos só a B victoria. O Butantan vem trabalhando no desenvolvimento da vacina quadrivalente e ela deve sair nos próximos anos“. No mercado privado, a vacina quadrivalente é muito mais presente.

Por mais que uma “atualização vacinal” possa parecer algo estranho, não é. Acontece sempre duas vezes ao ano. A primeira, em fevereiro, seguindo recomendações para o Hemisfério Norte. A segunda, acontece em setembro, com recomendações para o Hemisfério Sul (Brasil incluso). Ricardo falou um pouco sobre essa questão: “A OMS junta os dados e avalia o que aconteceu no inverno do Hemisfério Sul. Geralmente, os casos de gripe aumentam entre final de abril e maio até julho e agosto. Esses dados da OMS vão embasar a composição da próxima recomendação, que ocorre em setembro“. Uma das recomendações da OMS em relação ao novo imunizante é, exatamente, a proteção contra a variante Darwin. O Butantan está trabalhando no imunizante.

 

 

 

Related posts

Taxa de transmissão de Covid é a maior desde julho de 2020

João Baricatti

Bolsonaro decreta luto oficial de um dia por Olavo de Carvalho

Rafaele Oliveira

Deltan Dallagnol: aumento de patrimônio e possível filiação ao Novo

João Baricatti

Leave a Comment