PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Política tecnologia

Telegram de Sergio Moro compartilha pornografia; assessoria aponta invasão do nome de usuário

telegram-de-sergio-moro-compartilha-pornografia-assessoria-aponta-invasão

Fonte dos vazamentos que geraram a série de reportagens da “Vaza Jato”, realizadas pelo The Intercept Brasil e outros canais de imprensa, o perfil no Telegram do ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça do Governo Bolsonaro, Sergio Moro, surpreendeu internautas na madrugada desta quarta-feira (03) por compartilhar um link que os direcionava para conteúdo de pornografia.

A postagem dizia “este post é para o Telegram, eu quero obter esse nome de usuário” e levava os internautas a um canal em nome de Sergio Moro que trazia o conteúdo pornográfico – uma das fotos mostrava um pênis e foi ironizada por críticos do ex-ministro.

As publicações ficaram cerca de 20 minutos no ar até que foram apagadas. Na manhã desta quarta, o perfil passou a exibir uma mensagem apontando a suspensão da conta pelo compartilhamento de conteúdos pornográficos.

“Este canal não pode ser exibido porque foi usado para divulgar conteúdo pornográfico”, afirma a mensagem no Telegram de Moro.

A assessoria de Sergio Moro afirmou à Folha de SP que alguém utilizou o “nome de Moro (sf_moro) para postar imagens indevidas (pornográficas)”. Também afirmou que “o técnico estava tentando recuperar esse nome de usuário” para desativá-lo.

“Era uma conta fake depreciativa”, afirmou a assessoria.

Polêmica ocorre após confirmação de que Sergio Moro se filiará ao Podemos

Defensor da candidatura do ex-ministro, o site O Antagonista informa que o perfil de Telegram de Sergio Moro será usado para divulgar sua agenda política.

No feriado de Finados desta terça-feira (02), o ex-ministro Sergio Moro confirmou que se filiará ao Podemos na semana que vem, dia 10 de novembro.

Ainda não foi decidido se o ex-juiz vai disputar a Presidência da República ou um cargo ao Senado Federal.

“Juntos, podemos construir um Brasil justo para todos”, afirma o convite de filiação compartilhado pelo ex-juiz em seu Twitter.

Related posts

Eduardo Bolsonaro xinga Alec Baldwin por morte acidental com arma cenográfica e é contestado por internautas

Rafael Bruza

Fome: Moradores procuram comida em caminhão de lixo no Ceará

Rafael Bruza

Produtos nazistas são retirados do Mercado Livre e vendedor é suspenso

Rafaele Oliveira

Leave a Comment