PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Política Saúde

Surto de covid-19: governo discute suspender temporada de cruzeiros

cruzeiro

Após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspender o embarque de passageiros em dois navios, por surto de covid-19 e recomendar ao Ministério da Saúde a suspensão da temporada de navios de cruzeiro, o governo federal pretende discutir o assunto nessa segunda-feira (03).

Conforme apurado pelo Último Segundo, uma reunião no Palácio do Planalto deve reunir os ministérios da Casa Civil, Saúde, Infraestrutura, Turismo e Advocacia-Geral da União. Em entrevista à CNN, o ministro do Turismo, Gilson Machado questionou as consequências econômicas da suspensão da temporada de cruzeiros.

“Estamos falando em torno de mais 30 mil empregos e quase R$ 2 bilhões que essa atividade injeta na economia. Eu queria deixar uma pergunta no ar: será que os blocos de carnaval serão todos testados?”, disse Machado.

Anvisa recomenda a suspensão de cruzeiros no Brasil

De acordo com reportagem da CNN, a Anvisa deve enviar uma recomendação ao Ministério da Saúde, para que os cruzeiros sejam suspensos no País. O documento vai sugerir que a pasta estabeleça que os agências cancelem novas viagens no Brasil e que os navios fiquem atracados.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomenda a suspensão de cruzeiros no Brasil. | Foto: Sergio Lima

A agência, que em um cenário de melhoria pandêmica liberou os cruzeiros, entende que agora esse plano não pode ser continuado, devido ao avanço da variante Ômicron no Brasil. Ela também deve acionar o Ministério Público Federal para apurar responsabilidades criminais.

Em resposta à apuração feita pela CNN, o Ministério da Saúde informou “que tomou conhecimento da recomendação da Anvisa e avaliará as medidas cabíveis em conjunto com os ministérios relacionados ao tema”.

Enquanto isso, nesta segunda-feira (03), a Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros (Clia Brasil) anunciou voluntariamente a suspensão das operações de transatlânticos de turismo nos portos brasileiros até 21 de janeiro de 2022.

Related posts

João de Deus é novamente condenado a 4 anos de prisão por crime sexual

João Baricatti

Queiroga é convocado para explicar nota técnica contra vacinação

João Baricatti

Lula presta solidariedade a Cid e Ciro Gomes após ação da PF: “Tiveram suas casas invadidas sem necessidade”

Rafael Bruza

Leave a Comment