PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Pandemia Política

Spotify retira músicas de Neil Young após cantor exigir que a empresa apagasse podcast antivacina

spotify-retira-musicas-de-neil-young-apos-cantor-exigir-que-a-empresa-apagasse-podcast-antivacina

Nesta quarta-feira (26), o a plataforma de músicas Spotify confirmou que começou a remover músicas do cantor Neil Young de seu catálogo. A decisão foi tomada depois que o cantor exigiu que a empresa retirasse do ar um episódio do podcast de Joe Rogan, que espalha desinformação sobre a covid-19.

Neil Youg publicou na terça-feira (25) uma carta em seu site oficial, endeçada a seu empresário e sua gravadora, a Warner Music Group, exigindo que o Spotify não disponibilizasse mais suas músicas por conta da manutenção do podcast antivacina no catálogo da empresa. A carta foi posteriormente apagada.

Em uma segunda publicação, o músico afirmou que a plataforma “se tornou o lar de desinformação que coloca vidas em risco” e que tem “mentiras vendidas por dinheiro”.

O protesto de Neil Young tem como alvo o podcast ‘The Joe Rogan Experience’, o mais popular do Spotify. No início de janeiro, um episódio do podcast foi excluído do Youtube por violar as regras da plataforma ao espalhar conteúdo antivacina. O Spotify, no entanto, decidiu manter a publicação.

O episódio em questão teve a presença de Robert Malone, um médico estadunidenes contrário à vacinação. Em sua fala no podcast, Malone relacionou a saúde pública dos EUA na pandemia com a Alemanha nazista de Hitler – comparação que já foi criticada publicamente pelo Museu de Auschwitz.

Apesar de inúmeros protestos, o Spotify decidiu manter o episódio do podcast no ar porque tem contrato de exclusividade com Joe Rogan – o serviço de streaming chegou a pagar mais de U$100 milhões ao apresentador para manter seu programa na plataforma.

Neil Young – que sofreu pólio quando era criança – afirmou que ficou sabendo do conteúdo antivacina do programa graças aos protestos de centenas de cientistas, professores e especialistas em saúde pública, reunidos em um pedido público para que o Spotify retirasse do ar o episódio do podcast de Joe Rogan.

Em sua defesa perante o ultimato de Neil Young, o Spotify afirmou nesta quarta-feira (26) que removeu mais de 20 mil episódios relacionados à Covid desde o começo da pandemia, mas que busca equilibrar a segurança dos ouvintes com a liberdade para criadores.

“Sentimos muito pela decisão de Neil em remover sua música do Spotify, mas esperamos recebê-lo de volta em breve”.

Related posts

Agressões de vereadoras do Novo: Líderes da Câmara falam em cassação; partido suspende ambas

Rafael Bruza

Jair Bolsonaro concede a si mesmo a Medalha do Mérito Científico

Rafaele Oliveira

Defensor de Moro no Antagonista, Mainardi diz que ‘fim do PSDB é uma ótima notícia’

Rafael Bruza

Leave a Comment