PORTAL DEMOCRACIA
Despertador Manchete

José Eduardo Cardozo, Pedro Serrano e Lupi no Despertador para falar de crimes de Bolsonaro

bolsonaro

Nesta quarta-feira (20),  o jornal Despertador da TV Democracia apresentado pelo Fábio Pannunzio e Florestan Fernandes Jr., recebe o ex-ministro da justiça José Eduardo Cardozo, o advogado constitucionalista Pedro Serrano e  Carlos Lupi, presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT), para uma conversa sobre as principais situações na política e justiça. Assunto é o que não falta, como a reta final e relatória de Renan Calheiros, os crimes que serão atribuídos ao Bolsonaro e o cenário eleitoral.

Quadro de entrevistados do Despertador dessa quarta-feira (20)

8h30: Carlos Lupi
9h: José Eduardo Cardozo
9h30: Pedro Serrano

 

Ciro como pré-candidato à presidência e sua língua afiada no cenário eleitoral e governo Bolsonaro

 

Primeiramente, o presidente do PDT, Carlos Lupi, contará sobre as três opções para lançar Datena como pré-candidato, a acusação que fez sobre o ex-presidente Lula ser omisso contra Jair Bolsonaro. Além disso, também explicará como a briga de Ciro Gomes com Lula dividiu a cúpula do PDT e por fim a gestão atual do presidente da república.

 

Crimes de Bolsonaro, relatório final da cpi e impeachment

 

José Eduardo Cardozo, antes de tudo, falará sobre o relatório final da CPI da Pandemia, os onze crimes que Renan Calheiros atribuiu a Bolsonaro e os mais de setenta indiciamento ao longo das sessões. A retirada dos crimes de homicídio e genocídio de indígenas contra Bolsonaro pelo G7. Ao que tudo indica, os crimes calculados pelo Bolsonaro já somam até cem anos de prisão. Por fim, uma análise do processe de CPI do Governo da ex-presidente Dilma Rousseff e o processo que o Jair Bolsonaro está passando e quais as consequências e punições poderão ser dadas ao presidente e aos demais indiciados.

 

 

 

 

PEC QUE MUDA A COMPOSIÇÃO DO CNMP QUE SERÁ VOTADA E A INCONSTITUCIONALIDADE DO GOVERNO BOLSONARO E SEUS CRIMES

 

Pedro Serrano explicará a polêmica da PEC que quer mudar a composição do CNMP ( Conselho Nacional do Ministério Público), o STF formou maioria para negar ação contra atos e discursos de Jair Bolsonaro. Abordaremos  também a fala de  Arthur Lira ( Presidente da Câmara) para o STF (Superior Tribunal Federal) sobre não ter prazo para analisar o impeachment do presidente. Por fim, o governo de Biden começar a se distanciar de relações com o Brasil devido a gestão do presidente Jair Bolsonaro, que ameaça o regime democrático, os direitos humanos, a saúde pública e o meio ambiente.

Related posts

Haddad descarta aliança com Boulos na disputa pelo Governo de SP

Rafael Bruza

Grávida de Taubaté: caso completa 10 anos e internautas comemoram

Rafaele Oliveira

Doria anuncia 4ª dose da vacina contra covid em toda a população de SP

Rafaele Oliveira

Leave a Comment