PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Política

Rosa Weber pede explicações sobre nota antivacina de secretário da Saúde

rosa weber bolsonaro queiroga vacina

Rosa Weber, uma das ministras do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu dar um prazo de cinco dias para que Helio Angotti Neto, secretário da área de de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, se explique pela publicação de uma nota técnica antivacina publicada pelo setor.

A nota técnica questiona a real eficácia das vacinas, além de afirmar que elas não têm se mostrado seguras. Essa nota vai contra todas as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e os diversos estudos publicados que comprovam a eficácia dos imunizantes.

Para completar, a nota ainda defende o uso da hidroxicloroquina, afirmando que o medicamento é seguro e que seu uso é indicado para o tratamento da Covid-19. No entanto, não existe respaldo científico para esta afirmação, muito pelo contrário, na verdade. Diversos estudos mostram a ineficácia da hidroxicloroquina no tratamento da doença.

Logo, a nota publicada pelo Ministério da Saúde vai contra a ciência e abraça a conspiração.

Rosa Weber, além de solicitar que Helio Angotti Neto se manifeste sobre a ação movida pelo partido Rede, onde a nota é contestada, solicitou que o secretário saia do do cargo.

Helio Angotti Neto rosa weber covid
Helio Angotti Neto terá que explicar nota técnica (Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo)

A ação da Rede citada por Rosa Weber

Por mais que Rosa Weber só tenha pedido explicações do secretário nesta quarta-feira (26), a Rede já tinha questionado a nota na última sexta (21). Acontece que, depois de muitas críticas, tantos de autoridades, quanto de especialistas, o Ministério da Saúde acabou alterando a nota.

Agora a nota não fala mal de vacinas. No entanto, o texto continua defendendo o uso do famoso “kit Covid” para o tratamento da doença – mesmo eles sendo ineficazes.

De acordo com a Rede, em sua ação no Supremo, a nota é “é claramente contrária ao consenso científico internacional e afronta os princípios da cautela, precaução e prevenção – que deveriam ser o norte da bússola de qualquer gestor público no âmbito do enfrentamento de uma pandemia“. Além disso, o partido ainda classifica a nota como “acintoso à Constituição Federal”.

Related posts

Sérgio Camargo diz que as vacinas têm “DNA alienígena”

Rafaele Oliveira

Covid: pela primeira vez, mundo registra 1 milhão de casos em 24 horas

João Baricatti

PayPal oferece cupom de R$ 50, derruba loja Nuuvem e web reclama

Rafaele Oliveira

Leave a Comment