PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Política

“Ratinho sugeriu que eu fosse metralhada”, denuncia deputada do PT

ratinho-sugeriu-que-eu-fosse-metralhada-denuncia-deputada-do-pt

A deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) denunciou em suas redes sociais nesta quarta-feira (15) um vídeo em que o apresentador do SBT Carlos Massa – o Ratinho – sugere que ela seja “eliminada” com uma “metralhadora”. A declaração foi feita no programa “Turma do Ratinho”, transmitido na Massa FM – emissora que pertence ao apresentador e é filiada à TV de Silvio Santos no Paraná.

Com histórico de declarações homofóbicas impunes, Ratinho incitou violência contra a deputada por ser contra um projeto de autoria da parlamentar que pretende retirar a expressão “marido e mulher” da união civil.

“Natália, você não tem o que fazer, não? Você não tem o que fazer, minha filha? Vá lavar roupa a caixa do teu marido, a cueca dele, porque isso é uma imbecilidade querer mudar esse tipo de coisa. Tinha que eliminar esses loucos? Não dá para pegar uma metralhadora, não?”, disse o apresentador no programa “Turma do Ratinho”, exibido na Massa FM.

Ao compartilhar o vídeo nas redes, Natália Bonavides acusou Ratinho de ter cometido crime e prometeu denunciá-lo na Justiça.

“O apresentador Ratinho sugeriu que eu fosse metralhada em programa visto por milhares de pessoas. Incitar homicídio é crime! Ele coloca a minha vida e minha integridade física em risco. Ratinho ainda disse que eu fosse lavar as cuecas de meu marido”, afirmou ela. “Essas ameaças e ataques covardes não ficarão impunes. O apresentador utilizou uma concessão pública para cometer crime. Vamos acioná-lo judicialmente, inclusive criminalmente”, acrescentou. .

Favorável à Bolsonaro, programa do Ratinho no SBT já recebeu verba pública do Governo Federal

Ratinho é um reconhecido defensor do governo de Jair Bolsonaro (PL), assim como Silvio Santos, dono da emissora.

Em 2019, Carlos Massa foi um dos 9 apresentadores pró-Bolsonaro que receberam verbas públicas para fazer propaganda da Reforma da Previdência, segundo plano de mídia entregue pela Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) ao Tribunal de Contas da União (TCU), na época.

O Governo Federal pagou R$ 915 mil ao Programa do Ratinho no SBT por 4 elogios do apresentador à mudanças previdenciárias. No SBT, também foram agraciados com verbas públicas os programas da Eliana (R$ 269 mil por um testemunhal), do Otávio Mesquita (R$ 218 mil por três declarações).

Apresentadores da Record e Band também receberam verbas públicas da campanha publicitária da Reforma da Previdência.

No caso, os apresentadores receberam remuneração pessoal no valor cobrado pela emissora – os valores recebidos individualmente por eles não foi revelado.

“As mudanças são claras e boas para o Brasil”, defendeu o apresentador em 2019. “Você acha que se a Previdência fosse ruim para o povo, eu estaria a favor?”, questionou o apresentador em outra oportunidade.

Related posts

Chico Buarque decide não cantar mais a música “Com açúcar, com afeto”

Rafaele Oliveira

Viúva confirma morte do criador do Coronel Siqueira e aponta invasão da conta no Twitter

Rafael Bruza

PDT vai mudar de posição e orientará voto contra a PEC dos Precatórios, diz líder do partido

Rafael Bruza

Leave a Comment