PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Pandemia Política

Pressionado, Twitter exclui tuíte de Malafaia que chamava vacinação infantil de “infanticídio”

pressionado-twitter-exclui-tuite-de-malafaia-que-chamava-vacinacao-infantil-de-infanticidio

O Twitter removeu na noite desta segunda-feifa (10) uma mensagem do pastor Silas Malafaia que chavama a vacinação de crianças contra a covid-19 de “infanticídio”. A publicação foi apagada após campanha de internautas que exigiu a exclusão imediata da publicação e do perfil do pastor com a hashtag #DerrubaMalafaia – citada mais de 27 mil vezes na plataforma até às 9h desta terça-feira.

“Vacinar as crianças é um verdadeiro infanticídio. Os números provam que não há necessidade de fazer isso”, afirmou o pastor na publicação apagada.

Ao contrário do que sugere Malafaia, vacinas contra a covid-19 são seguras para crianças, segundo estudos recentes – veja estes sobre a vacina da Pfeizer e este sobre a Coronavac. Um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) publicado em dezembro também desmente o tuíte do pastor ao comprovar que a imunização de crianças contra Covid-19 é uma estratégia necessária para aumentar a cobertura vacinal da população brasileira.

Um dos internautas que pediu a exclusão da postagem de Malafaia foi a mestre em Imunologia e Doutora em Biociências, Letícia Sarturi, que lamentou a declaração do pastor.

“A gente explica sobre ciência, sobre vacinas, recomenda a vacinação, para depois vir um senhor que influencia pessoas mas não entende nada nem de covid, nem de vacina, falar que vacinar crianças é infanticídio! Aff…”, desabafou a especialista usando a hashtag #DerrubaMalafaia.

EUA regista recorde de hospitalização por Covid-19

Considerando o teor mentiroso da publicação de Silas Malafaia, páginas como a Sleeping Giants Brasil, Tesoureiros e Desmentindo Bolsonaro pressionaram o Twitter pela exclusão da postagem e do perfil do pastor das redes. Eles comemoraram quando a exigência foi atendida.

Além da exclusão do principal tuíte denunciado por internautas, o Twitter excluiu outras 10 postagens de Silas Malafaia durante a campanha com a hashtag #DerrubaMalafaia.

“Este tweet não está mais disponível”, dizem 11 mensagens no perfil de Silas Malafaia na rede social.

Com isto, internautas subiram o tom para exigir a exclusão da página de Malafaia. Eles alegam que a política do Twitter determina que internautas que cometerem “5 ou mais transgressões” aos regulamentos internos da plataforma serão punidos com “suspensão permanente”.

Como Malafaia teve 11 tuítes apagados, internautas afirmam que ele se enquadra nesta circunstância e deveria ter a conta definitivamente suspensa.

 

Related posts

Vídeo: Idoso salva só documentos ao ser resgatado com água na altura do peito em Ibatuba (BA)

Rafael Bruza

Silvio Santos terá que pagar R$ 4 milhões a Rachel Sheherazade, entenda

Rafaele Oliveira

Paulo Sousa deve assumir o comando do Flamengo

João Baricatti

Leave a Comment