PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Saúde

Prefeitura de SP leva 2ª dose da vacina para pessoas em situação de rua

vacinação contra covid

Na última quarta-feira (01), a Prefeitura de São Paulo iniciou uma força-tarefa para levar a segunda dose da vacina contra a covid-19 a pessoas em situação de rua. Até então, cerca de 5 mil moradores não haviam recebido o reforço da imunização.

A trabalho contou com a presença do secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido e do Padre Júlio Lancellotti, que faz ações junto à população carente no Centro de São Paulo e é coordenador da Pastoral do Povo de Rua de São Paulo. O vigário compartilhou momentos da vacinação em suas redes sociais.

São Paulo faz força-tarefa para aplicar a segunda dose da vacina contra a covid-19 em pessoas que estão em situação de rua

Segundo informações publicadas pelo G1, a ação ocorreu no Núcleo de Convivência São Martinho, localizado no Belenzinho, no Centro da capital, e foi realizado por equipes do Consultório na Rua, estratégia do Sistema Único de Saúde (SUS), lançada em 2011, que atende a população em situação de rua com abordagem multiprofissional.

vacina covid-19
Padre Julio Lancellotti acompanhando profissionais que aplicam a segunda dose da vacina contra a covid-19 em pessoas que estão em situação de rua. | Foto: Reprodução/Instagram Padre Julio Lancellotti

Além de aplicar as vacinas, os profissionais aproveitaram para orientar e fornecer informações sobre a dose de reforço. De acordo com dados da Secretaria Municipal da Saúde, até a última sexta-feira (26), haviam sido aplicadas 42.618 doses de vacina contra covid-19 em pessoas em situação de rua. Deste total, 20.360 foram com a primeira dose; 15.748 com a segunda; 5.850 doses únicas e 660 com doses adicionais de reforço.

Em junho deste ano, a Prefeitura de São Paulo destinou 14 mil doses da vacina da Janssen para pessoas em situação de rua, pela facilidade da dose única. No entanto, na última quinta (25), o Ministério da Saúde determinou a exigência de uma dose de reforço para quem for imunizado com a Janssen, devendo ser tomada entre dois e seis meses após a primeira vacina.

Related posts

Luiz Fux autoriza prisão dos condenados pelo incêndio na boate Kiss

Rafaele Oliveira

Especialistas reagem a fala de Bolsonaro sobre Aids e vacina contra a covid; Facebook apaga live

Rafael Bruza

Primeira criança vacinada contra a covid-19 é indígena e tem 8 anos

Rafaele Oliveira

Leave a Comment