PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Pandemia Sem categoria

Ômicron: 230 brasileiros estão presos na África do Sul por causa da variante

Ômicron covid brasil

Segundo informações do Itamaraty, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, foram contabilizados, até a tarde dessa segunda-feira (29), 230 brasileiros que não podem deixar a África do Sul por causa da nova variante da Covid-19, a Ômicron. Segundo o Consulado do Brasil na Cidade do Cabo, esses brasileiros teriam pedido auxílio diplomático para deixar o país e poder passar o fim de ano no Brasil.

Muitos desses brasileiros já tinham passagens compradas, mas com o descobrimento da nova cepa, diversos voos foram cancelados após diversos países fecharem as fronteiras para países do continente africano. A África do Sul, país que detectou a variante pela primeira vez, é um desses países afetados pelas novas políticas de fronteira fechadas, reação ao medo da Ômicron.

ominicron africa do sul brasileiros
230 brasileiros não podem deixar a África do Sul por causa de nova variante (Imagem: Tmaximumge/pxhere)

Luiz Felipe Pereira, um dos diplomatas brasileiros que atuam na embaixada da Cidade do Cabo, falou sobre a situação: “Recebemos contatos de brasileiros retidos aqui e estamos buscando uma forma de apoiá-los por causa do cancelamento de voos”

Por mais que, no Brasil, não exista proibição de voos provenientes da África do Sul, a portaria nº 660, publicada pelo governo federal e valida desde o último sábado (26), restringe voos de África do Sul, Botsuana, Essuatíni, Lesoto, Namíbia e Zimbábue, todos países do continente africano. Além disso, viajantes desses países precisam apresentar teste negativo para Covid-19 (das últimas 24 horas) e cumprir quarentena de 14 dias.

O problema é que, mesmo o Brasil não tendo fechado as fronteiras, não estão acontecendo voos entre Brasil e África do Sul. O país era um escala constante entre o Brasil e outros destinos internacionais, mas com restrições impostas por outros países, esses voos pararam de acontecer.

Mulher não vacinada chegou da África e testou positivo para covid-19. Não se sabe se é Ômicron

Uma brasileira não vacinada, que voltou recentemente do Congo, testou positivo pra Coronavírus. Atualmente ela está internada em um Hospital em Belo Horizonte, Minas Gerais. Segundo o jornal O Estado de Minas, não se sabe se ela está infectava pela Ômicron. Além de passar pelo Congo, a viajante ainda passou pela Turquia e por São Paulo, antes de chegar em Belo Horizonte. Ela segue em observação.

Related posts

Câmara aprova MP que obriga planos a pagar por remédios orais contra câncer

João Baricatti

Álvaro Dias cita ‘Tente Outra Vez’ para promover Moro e é rebatido por Paulo Coelho, compositor da canção

Rafael Bruza

Câmeras mostram momento em que dique transborda em Nova Lima (MG)

Rafael Bruza

Leave a Comment