PORTAL DEMOCRACIA
Política Saúde

Novembro azul: fala de deputado do Amazonas viraliza; veja o vídeo

deputado sinésio campos

No início do mês mundial de combate ao câncer de próstata, o Novembro Azul, um vídeo do deputado estadual do Amazonas, Sinésio Campos (PT) conversando com apoiadores sobre a importância do exame de toque – ou toque retal, responsável por identificar sinais de doenças na próstata, como câncer -, viralizou na internet. Com bom humor e sem rodeios, Campos afirma não ter receio do exame. “Pode meter dedada, não quero é pegar o câncer.”

Deputado Sinésio Campos fala que podem lhe “meter a dedada”, referindo-se ao exame de toque

deputado
Vídeo com deputado Sinésio Campos viraliza na web. | Foto: Montagem Reprodução/Hudson Fonseca/Aleam

Ressaltando a importância do exame de toque retal, essencial para a prevenção do câncer de próstata e lembrando que muitos homens não fazem o exame por puro e desnecessário preconceito, o deputado amazonense Sinésio Campos disse já ter passado pelo procedimento mais de uma vez.

“O câncer de próstata, que os homens ainda têm muito preconceito. Eu não! Pode meter a dedada, não quero é pegar o câncer! Não é verdade? Eu já fiz! Eu já fiz três vezes e nem por causa disso eu perdi a minha moral, a minha honra, né?” disse o deputado.

Com a repercussão do vídeo, o deputado reforçou a mensagem e explicou a polêmica escolha de palavras, durante sessão na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), realizada nesta quarta-feira (03). Para Campos, “toque ou ‘dedada’ é a mesma coisa”.

“Eu falei exatamente de um termo bem popular, que causou estranheza, quando eu disse que os homens têm que fazer o toque. Só muda o nome, mas o resultado é o mesmo. Toque ou ‘dedada’ é a mesma coisa. Porque o toque não se faz com o nariz, nem com o braço e nem com o pé. O toque retal se faz com o dedo”, explicou, durante sessão.

Novembro azul

O Novembro Azul é o mês dedicado à prevenção e conscientização do câncer de próstata. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de próstata é o tipo mais comum em homens, com 21,25% das novas incidências. Ainda de acordo com o Inca, entre 2020 e 2022, 65 mil homens serão afetados pelo câncer de próstata relacionado ao trabalho. O exame de toque retal aumenta as chances de diagnóstico precoce e também de cura, caso um tumor seja encontrado.

Related posts

Anvisa recomenda restrições a voos de 6 países da África por variante; Bolsonaro é contra

Rafael Bruza

Eminem contraria NFL e faz protesto antirracista no intervalo do Super Bowl

Rafael Bruza

Queiroga aponta dedo para repórter da GloboNews: “Povo do mau agouro”

Rafaele Oliveira

Leave a Comment