PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Política

Negociando com Eduardo Paes, Ciro Gomes diz que Freixo se tornou “só um cara lulista”

negociando-com-eduardo-paes-ciro-gomes-diz-que-freixo-se-tornou-so-um-cara-lulista

O ex-governador do Ceará e pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou em entrevista ao jornal O Globo publicada no último domingo (30) que o deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ) era representante de uma “esquerda moderna”, mas se tornou “só um cara lulista”, após se aproximar do ex-presidente Lula para disputar o Governo do Estado do RJ.

No Rio, o PT já decidiu apoiar a candidatura de Freixo, em aliança com o PSB que envolve outros estados.

Antes de fechar com o PT, Freixo negociava para que o PDT também estivesse em seu palanque – atualmente, o partido tem como pré-candidato ao Governo do RJ o ex-prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

Ciro Gomes afirmou na entrevista que Lula quer ofuscar Freixo e qualquer pessoa que possa “ameaçar a hegemonia do PT”.

“O Freixo, que era o cara da esquerda moderna do Brasil, hoje virou só um cara lulista” disse Ciro. “O Lula age sem nenhum tipo de escrúpulo para destruir todas as organizações que ele veja na atualidade ou no futuro como sombra ou ameaça à hegemonia do PT.

Ciro Gomes se encontrará no próximo domingo (06) com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, para buscar um acordo para as eleições estaduais do RJ, segundo coluna de Malu Gaspar no jornal O Globo.

Antes do encontro com o pedetista, Eduardo Paes vai se reunir com Rodrigo Neves, com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e com o presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, que é pré-candidato ao Governo do RJ pelo PSD.

As lideranças vão discutir na reunião uma possível aliança entre o ex-prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT) e, Felipe Santa Cruz, para que um dispute o governo estadual, enquanto outro tente o Senado Federal – ainda não foi decidido quem disputará cada cargo.

Freixo já participou de conversas que visavam obter o apoio de Eduardo Paes, com quem disputou a Prefeitura do Rio em 2012. Mas as negociações entre ambos não avançaram.

Ao jornal O Globo, o secretário municipal da Fazenda do RJ e braço direito de Eduardo Paes, Pedro Paulo, afirmou que vê “completa divergência” entre Freixo e o prefeito do Rio.

Procurado pelo O Globo, Freixo evitou comentar a crítica de Ciro Gomes e o encontro de Ciro com Paes.

O parlamentar declarou ainda que mantém conversas com o presidente do PDT, Lupi.

“Continuo conversando com o Lupi. Mas não me cabe comentar sobre os movimentos dos outros”, afirmou Freixo, que defendeu sua aliança com Lula. “Vou caminhar com Lula. O apoio dele é importante para o Rio e para o Brasil”.

Related posts

Supermercados europeus anunciam boicote contra carne brasileira

João Baricatti

Vale-gás pagará metade do valor do botijão a famílias de baixa renda

Rafaele Oliveira

Máscara N95 pode ser reutilizada 25 vezes; veja como deve ser a limpeza

Rafaele Oliveira

Leave a Comment