PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Pandemia Saúde

Mundo alcança 10 bilhões de doses de vacina aplicadas

vacinação covid relatório ministério

De acordo com a “Our World in Data”, projeto ligado à Universidade de Oxford, o mundo já aplicou mais de 10 bilhões de doses de vacinas contra a Covid-19, muito puxado pela China e pela Índia. Esses são os países mais populosos do planeta e concentram mais de 36% da população mundial, mas foram responsáveis pela aplicação de 46% de todas as doses. A informação é do g1.

Abaixo você pode conferir os 10 países que mais aplicaram doses em todo o mundo:

  • China: 2,99 bilhões de doses administradas
  • Índia: 1,64 bilhão de doses administradas
  • Estados Unidos: 536 milhões de doses administradas
  • Brasil: 358 milhões de doses administradas
  • Indonésia: 309 milhões de doses administradas
  • Japão: 204 milhões de doses administradas
  • Vietnã: 179 milhões de doses administradas
  • Paquistão: 174 milhões de doses administradas
  • Alemanha: 163 milhões de doses administradas
  • México: 162 milhões de doses administradas

Atualmente o mundo tem quase 7,8 bilhões de habitantes, e há mais doses aplicadas do que pessoas pois grande parte das vacinas são administras em duas. Além disso, com o tempo, o número de doses pode aumentar, visto que novas doses podem ser necessárias para ampliar a proteção por mais tempo.

Vacinação proporcional no Mundo

Os três países mais populosos do mundo (China, Índia e Estados Unidos, respectivamente) ocupam as três primeiras posições no ranking de doses aplicadas. No entanto, eles não os países com o maior percentual de população imunizada.

Até agora, a China só aplicou 207 doses a cada 100 habitantes. Enquanto a Índia aplicou 117 para cada 100. Por mais que sejam bons números, ainda estão atrás de outros países como Cuba e Chile. Abaixo você pode conferir o ranking completo:

  1. Cuba: 299 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes;
  2. Chile: 241 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes;
  3. Emirados Árabes Unidos: 234 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes;
  4. Malta: 233 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes;
  5. Singapura: 232 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes;
  6. Dinamarca: 224 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes;
  7. Coreia do Sul: 221 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes;
  8. Brunei: 218 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes;
  9. Uruguai: 211 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes;
  10. Portugal: 208 vacinas aplicadas a cada 100 habitantes.

Vacinação mundial é desigual

Por mais que o número de 10 bilhões de doses seja motivo de comemoração, a vacinação continua extremamente desigual. Segundo dados da “Our World in Data”, enquanto países menos desenvolvidos aplicaram apenas 92 milhões de doses de vacina (0,14 doses por habitante), os mais desenvolvidos já aplicaram 2,2 bilhões (1,81 doses por habitante), quase 1.200% a mais.

mundo distribuição vacina
Segundo a “Our World in Data”, a distribuição de vacinas é muito desigual (Imagem: g1/Reprodução)

Outro problema é a distribuição de vacinas por continentes:

mundo vacina gráfico dados
Divisão de vacinas por continentes é desigual (Imagem: reprodução/g1)

O país que menos aplicou doses é Burundi, nação africana que faz fronteira com com República Democrática do Congo, Ruanda e Tanzânia. Mesmo tendo mais de 12 milhões de habitantes, apenas 8,4 mil imunizantes foram administrados. São 0,0007 doses aplicadas para cada pessoa.

Dos 20 países que menos aplicaram doses, 17 estão na África:

  1. Burundi0,0007 vacinas administradas por habitante
  2. República Democrática do Congo: 0,0043
  3. Haiti*: 0,0178
  4. Chade: 0,0222
  5. Iêmen*: 0,0234
  6. Sudão do Sul: 0,0280
  7. Madagascar: 0,0342
  8. Camarões: 0,0376
  9. Tanzânia: 0,0395
  10. Papua Nova Guiné*: 0,05,72
  11. Burkina Faso: 0,0586
  12. Níger: 0,0708
  13. Mali: 0,0792
  14. Sudão: 0,0828
  15. Nigéria: 0,0916
  16. Etiópia: 0,0931
  17. Malaui: 0,0968
  18. Somália: 0,0984
  19. Senegal: 0,1119
  20. Serra Leoa: 0,1135

*Haiti, Iêmen e Papua Nova Guiné são os países da lista que não ficam da África.

Related posts

STJ autoriza volta de prisões em regime fechado por dívida alimentícia

João Baricatti

Québec proíbe álcool e maconha para não vacinados: Busca pelo imunizante sobe 300%

Rafael Bruza

Mulher nega ter xingado Bolsonaro de “Noivinha de Aristides” antes de ser presa

Rafael Bruza

Leave a Comment