PORTAL DEMOCRACIA
Internacional Manchete Política

Lula: “Se o Daniel Ortega prendeu a oposição, como fizeram comigo no Brasil, ele está totalmente errado”

lula-se-o-daniel-ortega-prendeu-a-oposicao-como-fizeram-comigo-no-brasil-ele-esta- totalmente-errado

Em entrevista ao jornal El País na Espanha publicada no domingo (22), o ex-presidente Lula afirma que o ditador da Nicarágua, Daniel Ortega, “está totalmente errado” se decidiu prender opositores eleitorais no país – como apontam denúncias no país.

Lula começa esta parte da entrevista com tom crítico ao regime da Nicarágua.

“Todo político que começa a se achar imprescindível ou insubstituível começa a virar um pequeno ditador. Por isso sou favorável à alternância do poder. Eu posso ser contra, mas eu não posso ficar interferindo nas decisões de um povo. Nós temos que defender a autodeterminação dos povos”, afirmou.

Na sequência, o ex-presidente comparou o regime ditatorial de Ortega na Nicarágua com os governos de Angela Merkel na Alemanha e de Felipe Gonzáles na Espanha.

“Sabe, eu não posso ficar torcendo… Por que a Angela Merkel pode ficar 16 anos no poder e Daniel Ortega, não? Por que (o ex-presidente da Espanha) Felipe González, aqui, pôde ficar 14 anos? Qual é a lógica?”, questionou Lula.

Contestando a fala do ex-presidente, as jornalistas espanholas do El País afirmam que Merkel e Felipe Gonzáles “não colocaram nenhum de seus opositores na prisão”.

Lula então compara sua prisão no Brasil com as detenções de rivais eleitorais de Ortega na Nicarágua.

“Sabe, eu não posso julgar o que aconteceu na Nicarágua. No Brasil, eu fui preso. Eu era considerado o presidente da República eleito e fui preso. Fiquei 580 dias preso para que o Bolsonaro fosse eleito presidente. Eu não sei o que as pessoas fizeram (na Nicarágua) para que fossem presas. Se o Daniel Ortega prendeu a oposição, como fizeram comigo no Brasil, ele está totalmente errado”, argumentou Lula.

O PT chegou a publicar uma nota em que saudava as eleições na Nicarágua. A publicação, realizada pelo secretário de relações internacionais do partido, Romenio Pereira, não teve aval da direção do partido, segundo a presidente da sigla, Gleisi Hoffmann (RS).

Com isto, a publicação que gerou críticas de apoadores e críticos do PT foi apagada do site oficial do partido.

Eleições contestadas na Nicarágua – assunto da entrevista de Lula

Daniel Ortega de 76 anos está no poder na Nicarágua desde 2007. Meses antes das eleições de 2021 no país, dezenas de opositores e sete candidatos presidenciais – rivais de Ortega – foram presos sob acusação de conscpiração e outros crimes.

A Nicarágua também negou que observadores da União Europeia (UE) e da Organização dos Estados Americanos (OEA) fiscalizassem a votação. Também há relatos de jornalistas impedidos de entrar no país.

Com apenas 2 opositores disputando as eleições, o ditador se reelegeu pelo quarto mandato consecutivo, obtendo 75,92% dos votos, em uma eleição contestada internacionalmente pela União Europeia, Estados Unidos e países latino-americanos, como a Argentina – o presidente argentino, Alberto Fernández, reconheceu a reeleição de Ortega, mas exigiu que a Nicarágua respeite os Direitos Humanos e deixe de realizar perseguições políticas.

A Organização dos Estados Americanos (OEA) afirmou na época que as eleições na Nicarágua não foram justas e carecem de “legitimidade democrática”. A entidade pediu uma “avaliação coletiva imediata” da situação no país.

Diante da postura da OEA, Ortega formalizou na última sexta-feira (19) a saída da Nicarágua do órgão.

Related posts

Com saída do MPF, processos contra Deltan Dallagnol serão arquivados no CNMP

Rafael Bruza

Kakay, João Antonio da Silva Filho, Zelick Trajber e Claudio Maierovitch no Despertador

Bruna Pannunzio

Champions League – Confira os resultados de hoje! (07/12)

João Baricatti

Leave a Comment