PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Política

Kassab diz que há grande chance de Bolsonaro ficar fora do 2º turno

kassab-diz-que-ha-grande-chance-de-bolsonaro-ficar-de-fora-do-2-turno

Em entrevista ao Estadão publicada no último sábado (01), o presidente do PSD, Gilberto kassab, afirma que há grande chance de que o presidente Jair Bolsonaro (PL) não consiga chegar ao segunto turno das eleições presidenciais de 2022.

Segundo Kassab, Bolsonaro vem aumentando seu desgaste político por errar “bastante”.

“Ele tem errado bastante. Tanto que tinha 60, 70% de aprovação e, hoje, tem 20%. Acho que ele tem uma chance grande de não ir para o 2º turno”, disse Kassab. “Veja o desgaste dele com a pandemia, com o número de desempregados. Não vejo chance de crescimento. Acho que o teto máximo dele é 22, 23%. E acredito que poderá cair mais”.

O PSD de Kassab costuma votar junto com o Governo Bolsonaro no Congresso Nacional – a despeito de divergências de parlamentares do partido em relação à gestão do presidente. Entretanto, em outubro o partido lançou candidato à Presidência da República o atual presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), que se filiou a partido naquele mês – ele antes era do DEM.

Assim como outros candidatos da chamada “terceira via”, o pré-candidato do PSD não chega a dois dígitos de intenção de voto em pesquisas eleitorais, mas Kassab reiterou que o partido continuará acreditando em sua candidatura.

“Ele é uma pessoa inteligente, que tem experiência administrativa pública e privada. Tem liderança política, tem protagonismo, tem tribuna. O perfil dele é bom”, declarou Kassab.

Na entrevista, o presidente do PSD também apontou como erro a conduta de Bolsonaro perante a crise gerada por fortes chuvas na Bahia – que já matou ao menos 25 pessoas, feriu 517 e deixou mais de 37 mil desabrigados e 54 mil desalojados.

“A população vê o presidente num jet ski enquanto a Bahia está lá, debaixo d’água”, disse Kassab.

Bolsonaro passou o fim do ano em Santa Catarina e, na quarta-feira (29) fez uma parada na praia de Enseada, em São Francisco do Sul, onde andou de moto aquática. O presidente foi criticado nas redes sociais – e chamado de “vagabundo” – por estar de folga, enquanto o Estado da Bahia vive a crise com as fortes chuvas.

“Não estou dizendo que ele não deva ter férias. Mas acho que qualquer outro que fosse presidente teria interrompido as férias. É um gesto importante mostrar a solidariedade do governo. A boa política mostra que ele devia estar presente lá porque precisa dar o exemplo”, afirmou Kassab.

Related posts

Globo de Ouro: confira os principais vencedores

João Baricatti

Mudanças climáticas impactam a produção de alimentos no Brasil

Rafaele Oliveira

SP inicia pré-cadastro para vacinação de crianças de 5 a 11 anos

João Baricatti

Leave a Comment