PORTAL DEMOCRACIA
Crime Manchete

João de Deus é novamente condenado a 4 anos de prisão por crime sexual

joão de deus condenado

João de Deus foi condenado por mais um crime sexual. A condenação saiu nesta segunda-feira (31) e o médium foi condenado a cumprir a mais 4 anos de prisão por violação sexual mediante fraude. Ainda segundo a decisão, ele terá que indenizar uma mulher em R$ 20 mil por danos morais.

Esta é a quinta condenação de João de Deus, sendo que esta é a quarta por crimes sexuais que cometeu durante atendimentos espirituais em Abadiânia. Juntando todas as penas, elas somam mais de 100 anos de prisão.

Segundo o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO), a condenação é por um caso ocorrido em agosto de 2018, onde João de Deus teria cometido o crime sexual contra uma mulher. A defesa de João ainda pode entrar com recurso na condenação.

Ainda de acordo com o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, João terá de pagar à vítima uma indenização por danos morais no valor de R$ 20 mil. O juiz que julgou o caso deu o direito de João recorrer em liberdade, mas por conta de outros processos, ele vai permanecer em prisão domiciliar.

Além das quatro condenações por crimes sexuais, João de Deus também foi condenado por por porte de arma. Confira abaixo as condenações:

  • 4 anos prisão por violação sexual mediante fraude;
  • 19 anos e 4 meses de reclusão, em processo envolvendo quatro vítimas;
  • 40 anos de reclusão (5 vítimas);
  • 2 anos e 6 meses de reclusão (1 vítima);
  • 3 anos de prisão por crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e crime de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.
joão de deus
João de Deus segue em prisão domiciliar (Imagem: reprodução)

João de Deus voltou para prisão domiciliar em 2021

João de Deus, inicialmente, foi preso no dia 16 de dezembro de 2018, depois de uma série de denúncias de seus abusos. Em março de 2020, no começo da pandemia, seu regime foi transferido para o domiciliar. Isso mudou um ano e meio depois, quando no dia 26 de agosto de 2021, voltou ao presídio.

Isso, no entanto, não durou muito, visto que o médium voltou para o regime de prisão domiciliar pouco menos de um mês depois, no dia 15 de setembro, após sua defesa entrar com um habeas corpus. Atualmente ele é monitorar através de uma tornozeleira eletrônica.

Related posts

Governo gastou R$ 2,5 milhões em motociatas de Bolsonaro, diz site

Rafaele Oliveira

Sobrinho-neto de Malafaia se casa e diz que o pastor é a “pessoa mais repugnante da Terra”

Rafael Bruza

Brasil registra 204 mil novos casos de covid em 24h, recorde desde o início da pandemia

Rafael Bruza

Leave a Comment