PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Videos

VÍDEO: Homem persegue, agride e quebra carro de mulher após batida

homem-persegue-agride-e-quebra-carro-de-mulher-apos-batida

O empresário Ênio César de Barcelos foi flagrado perseguindo, agredindo e quebrando o carro de uma mulher por conta de uma batida de trânsito, que ocorreu em um posto de gasolina de Taguatinga (DF).

O caso ocorreu com a personal trainer Paula Paiva Ferreira, de 25 anos. Ela relata que estava no posto de gasolina calibrando o pneu do carro e precisou dar marcha ré, após terminar a calibragem.

Neste momento, atingiu acidentalmente a lataria do veículo do agressor.

“Rapidamente freei, nem teve barulho de colisão nem nada, nem vi que tinha batido”, conta a jovem.

Na sequência, o homem a fechou ainda no posto e gritou que seu carro tinha sido atingido. Paula relata que deu seu número de telefone ao motorista e garantiu que arcaria com o prejuízo.

Mas, ainda assim, ele iniciou uma perseguição até um semáforo que estava fechado, quando desceu do veículo em que estava para depredar o carro da personal, subindo no para-brisa.

“Parei em um sinal vermelho. Ele desceu do carro dele e tentou puxar a chave do meu. Não deixei e ele começou a puxar meu braço com muita força. Depois subiu no carro, quebrou o para-brisa e chutou o retrovisor”, contou ao portal G1.

Além de Paula, estavam no veículo uma criança de 9 anos, sua irmã e mãe, que gritaram por socorro diante das agressões. Imagens registraram o momento em que o homem sobe no veículo.

Uma segunda gravação mostra o agressor puxando o braço da vítima, enquanto as irmãs e a mãe de Paula gritam por socorro.

O caso é investigado pela Polícia Civil do DF.

Em entrevista ao Metrópoles, Paula relata que o agressor também a hostilizou verbalmente e cometeu discriminação ao chamá-la de “noiada” e “preta safada”. Os braços e mão da personal ficaram machucados pela investida do agressor.

“Estou até agora sem acreditar, devastada. Fisicamente, está tudo certo, mas psicologicamente, não muito”, afirmou Paula. “Uma violência na frente da minha família; estou me sentindo muito abalada com isso”, complementou.

Paula Paiva Ferreira registrou boletim de ocorrência na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga). O agressor chegou a ser detido pela polícia e acabou liberado após pagamento de fiança.

Empresário se pronuncia sobre agressão

Ênio César de Barcelos tem 40 anos e é dono de uma empresa de engenharia e transporte. Em dpoimento à polícia, ele relatou que faz uso de medicamento controlado, mas que no dia da confusão não tomou o fármaco, “o que poderia ter causado seu descontrole emocional”.

Em sua versão, ele conta que saiu de casa para comprar um botijão de gás no posto de combustível e a mulher bateu no veículo dele enquanto ele retirava o objeto do porta-mala.

O empresário alegou que a condutora estava alterada e que passou um número de telefone inexistente. Inconformado, ele a seguiu, iniciando uma perseguição na altura do Forte Atacadista, na M Norte, em Taguatinga.

Ao parar no semáforo, o homem relata que desceu para falar com a motorista. Ele afirma que tentou tirar a chave da ignição do carro dela, mas foi impedido e arranhado. Também declara que uma pessoa o acertou com um soco na cabeça na confusão.

Related posts

Apesar de dívida bilionária, Rede Globo está bem financeiramente, diz Fitch

Rafaele Oliveira

Eleições 2022: MDB oficializa a pré-candidatura de Simone Tebet

Rafaele Oliveira

Proteção da 3ª dose cai depois de 4 meses, aponta órgão americano

João Baricatti

Leave a Comment