PORTAL DEMOCRACIA
Brasil

Foto de garoto que encontrou árvore de Natal no lixão viraliza e impulsiona vaquinhas

foto-de-garoto-que-encontrou-arvore-de-natal-no-lixao-viraliza-e-impulsiona-vaquinhas

Uma imagem registrada no início de novembro pelo fotógrafo João Paulo Guimarães, em Pinheiro (MA), viralizou nas redes sociais ao mostrar o momento em que o jovem Gabriel, de 12 anos, encontra uma pequena árvore de Natal em um lixão perto da cidade – localizada a 333km de São Luís, capital do estado.

“O Gabriel tava catando lixo desde 07h e aí no meio da sujeira encontrou essa árvore de Natal e ficou muito, mas muito feliz. Ele mostrou pra mãe dele, Dona Maria, e fez os planos de ajeitar pra Dezembro e colocar na sala de casa”, relata o fotógrafo em seu perfil de Instagram.

O fotógrafo relata que se emocionou ao fazer a imagem.

“Gabriel guardou dentro de uma caixa a árvore, voltou pra procurar comida e depois veio buscar a árvore pra levar pra casa. Ele ficou muito feliz. Eu também fiquei muito feliz por ele. Parei de fotografar na hora. Não dava pra enxergar nada com tanta lágrima”, conta.

“Clique aqui para ajudar uma campanha voltada aos catadores da região”.

A foto viralizou nas redes sociais – teve mais de 12 mil curtidas no Instagram até esta quarta-feira (01) e foi replicada em portais e canais de jornalismo. João Paulo Guimarães chegou a ser entrevistado pela GloboNews, canal de TV por assinatura do Grupo Globo, que tem recorde de audiência no setor.

No momento em que publicou a foto, o fotógrafo já pensava em realizar uma campanha de arrecadação para ajudar Gabriel e sua família.

“Agora vou ver quanto é uma árvore de Natal por aqui por Pinheiro. Ou eu compro comida pro Gabriel? Difícil decidir entre a infância e a sobrevivência”, escreveu o fotógrafo na legenda da imagem.

Mulher nega ter xingado Bolsonaro de “Noivinha de Aristides” antes de ser presa

À GloboNews, João Paulo disse que a ideia de fazer uma vaquinha online surgiu durante uma conversa dele com Gabriel no lixão em que a foto viral foi registrada. O garoto revelou a ele o sonho de ganhar um celular.

Com uma rápida campanha nas redes sociais, João Paulo levantou recursos e comprou cestas básicas, brinquedos e enfeites de Natal que entregou a Gabriel e seu irmão no dia seguinte.

“Com a ajuda de vocês consegui comprar a Árvore de Natal, os enfeites e 9 cestas básicas. Também comprei dois carrinhos pro irmão do Gabriel. O Ítalo tem quase 3 aninhos e merece uns presentinhos também”, escreveu o fotógrafo no Instagram, agradecendo as pessoas “que ajudaram mesmo com as palavras”.

No dia 10 de novembro, o garoto recebeu os presentes durante audiência pública que formalizou a criação da Associação de Catadores de Pinheiro.

“Já é Natal. Graças aos humanos daqui. Já é Natal. Obrigado gente”, agradeceu o fotógrafo.

A entidade tem os objetivos de organizar as pessoas que sobrevivem da reciclagem na região e buscar a implementação de políticas públicas para elas.

Presente na audiência, o prefeito de Pinheiro (MA) se comprometeu publicamente a fornecer renda mínima de R$ 100 por mês para cada catador associado e uma cesta básica por mês a cada família de catador.

João Paulo continua fotografando catadores no lixão e divulga campanhas de arrecadação voltadas às famílias que dependem da reciclagem para sobreviver.

A ProRisk e a Aliança André Mascia lançaram uma ação solidária pra levar um Natal sem fome para as famílias de catadores de lixo lá em Pinheiro no Maranhão”, afirmou na semana passada. “Qualquer valor é bem vindo viu. E se você repostar ajuda mais ainda porque outras pessoas vão ver a campanha e doar também”.

A campanha de André Mascia já ultrapassou sua primeira meta e arrecadou R$ 7,2 mil através de 59 doadores – “você pode ajudar aqui”.

“Amigos, é com grande satisfação que anunciamos que ALCANÇAMOS a nossa meta inicial. Vai ter Natal SEM FOME para as famílias do lixão da Piçarreira, sim!!!”, afirma a campanha. “Em tempo, vale frisar que nosso suporte não se restringe ao Gabriel, mas sim abrange a toda essa comunidade”.

Em nota, a Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres) do Governo do Maranhão, vinculada à gestão do governador Flávio Dino (PSB), afirmou que faz articulação com os municípios do estado para criar galpões para catadores.

“A Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres) informa que desenvolve um extenso trabalho de acompanhamento dos trabalhadores da coleta de resíduos sólidos, inclusive com entrega de equipamentos. Além disso, segue articulando, junto às prefeituras, a criação de galpões para catadores e catadoras para que possam ter um local digno para trabalhar, também atua promovendo capacitações e criou um auxílio emergencial para categoria no valor de R$ 400,00, visando reduzir os impactos causados pela pandemia. Com mais associações criadas, o Governo do Maranhão amplia as ações, tendo como foco reconhecimento, dignidade e garantia de renda.

A pasta também declara que estimula catadores a criarem cooperativas.

“A Secretaria informa, ainda, que no último dia 10 de novembro, esteve presente na cidade de Pinheiro em Audiência Pública proposta pela Defensoria Pública do município com a participação do prefeito, para estimular os catadores a criarem suas cooperativas, para, assim, promover o protagonismo e assegurar direitos da categoria”, afirmou a secretaria.

 

Related posts

Assassinato de Daniella Perez completa 29 anos; Gloria Perez desabafa

Rafaele Oliveira

Congolês é espancado até a morte após cobrar pagamento em quiosque no RJ

Rafael Bruza

Touro de Ouro é removido do centro de SP e Bolsa de Valores será multada

Rafael Bruza

Leave a Comment