PORTAL DEMOCRACIA
Brasil Manchete Pandemia Saúde

Em Lucena, na Paraíba, 48 crianças são vacinadas com doses de adultos

vacina crianças

Na cidade de Lucena, região metropolitana de João Pessoa (PB), 48 crianças foram imunizadas contra a covid-19 com doses destinadas a adultos. O erro veio à tona após uma mãe ver na TV que a imunização infantil ainda não havia iniciado no estado, embora o seu filho menor de 12 anos já havia sido vacinado.

A vacinação incorreta teria acontecido entre 29 de dezembro de 2021 e 11 de janeiro de 2022, ou seja, antes de iniciar o calendário da imunização para crianças entre 5 e 11 anos, que começou em Lucena no último sábado (15).

A técnica de enfermagem, responsável pela aplicação da vacina, disse em depoimento que teria recebido uma ordem do setor de imunização da prefeitura de Lucena para “vacinar todos os que estivessem [na fila] para se vacinar, pois a validade das vacinas da Pfizer estavam para vencer.” A Secretaria de Estado da Saúde está apurando se as doses estavam dentro da validade ou não.

Técnica que aplicou as doses disse que foi orientada a “vacinar todos, pois as vacinas estavam para vencer”

Segundo ela, todos que apareceram no local – adultos, crianças e adolescentes – foram imunizados com a mesma dosagem de vacinas do lote FN3457 e também de um lote com final 3835, ambas da Pfizer. A técnica declarou ainda que não recebeu o treinamento para a vacinação de covid-19, não sabendo então que havia diferença na dosagem de adultos e crianças.

Em uma entrevista coletiva realizada na tarde desta segunda-feira (17), o prefeito de Lucena, Leo Bandeira (Solidariedade), informou que tanto a técnica de enfermagem que aplicou as vacina, como a enfermeira responsável pela Unidade Básica de Saúde (UBS) onde as doses foram aplicadas, a chefe de imunização do município e o secretário municipal de saúde de Lucena foram afastados.

Além disso, Bandeira disse que a prefeitura abriu um procedimento administrativo para apurar o que aconteceu e seus responsáveis. O Ministério Público Federal (MPF) também está investigando o caso e colhendo os depoimentos das pessoas envolvidas.

Crianças vacinadas com doses de adultos estão sendo monitoradas, diz prefeito de Lucena

As mães de algumas crianças vacinadas com as doses para adultos relataram à TV Cabo Branco (afiliada à TV Globo) alguns efeitos colaterais em seus filhos, como febre vômito e dor no local da aplicação. O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, disse que as crianças “não apresentaram eventos adversos graves”. O prefeito da cidade disse que as crianças estão sendo monitoradas.

Nesta segunda-feira (17), o ministro da saúde Marcelo Queiroga visitou a cidade de Lucena e afirmou estar fazendo um “monitoramento rigoroso” da ocorrência. Em entrevista à CNN Brasil, o ministro disse que “já foi instaurado um processo administrativo para apurar as responsabilidades. O MPF acompanha o caso. Nós não queremos buscar punição de ninguém, mas precisa ser averiguado para que fatos como esse não voltem a acontecer.”

Related posts

Eduardo Bolsonaro xinga Alec Baldwin por morte acidental com arma cenográfica e é contestado por internautas

Rafael Bruza

Barroso diz que atos de 7 de setembro marcaram “o sepultamento do golpe”

Rafael Bruza

Nova Vacina contra gripe deve chegar em março de 2022

João Baricatti

Leave a Comment