PORTAL DEMOCRACIA
Crime Manchete

Elizabeth Holmes, fundadora da Theranos, é declarada culpada de fraude

Na última segunda-feira (03), Elizabeth Holmes, de 37 anos, foi considerada culpada de fraude por um júri federal na Califórnia. Considerada a “nova Steve Jobs”, Holmes é a fundadora da empresa americana de biotecnologia Theranos, localizada no Vale do Silício. Por crimes de fraude e conspiração, a pena da Holmes pode chegar a 20 anos de prisão.

O júri, que completou sete dias de deliberação na segunda-feira (03), chegou à conclusão que Elizabeth Holmes é culpada de quatro acusações –  três de fraude eletrônica e uma de conspiração para “fraudar investidores” – das 11 que enfrentava. Entre as denúncias, está a prática de enganar investidores, para que esses aplicassem dinheiro em sua empresa.

Holmes não foi detida, pois a sua sentença só será decretada oficialmente após o governo federal decidir se haverá ou não um novo julgamento referente a três acusações das quais o júri não conseguiu chegar a um veredito final.

Elizabeth Holmes
Elizabeth Holmes, fundadora da Theranos, é declarada culpada de fraude. | Foto: Stuart Isett/Fortune Global Forum

Theranos, a startup fundada por Elizabeth Holmes

A Theranos é uma startup de tecnologia da saúde, fundada por Elizabeth Holmes quando ela tinha apenas 19 anos. A promessa da empresa era revolucionar a indústria dos exames de sangue, utilizando equipamentos mais rápidos e baratos do que as utilizadas por laboratórios tradicionais.

Conforme garantia Holmes, com a tecnologia, seria possível realizar centenas de exames médicos usando apenas algumas gotas de sangue, o que atraiu grandes investidores para a empresa, fazendo da empresária a bilionária mais jovem do mundo.

O império de Elizabeth Holmes caiu, depois que o jornalista John Carreyou descobriu que a máquina The Edison não funcionava. Assim, a Theranos estava falsificando os resultados dos testes. A revelação foi divulgada no The Wall Street Journal, em 2015.

Related posts

Em áudio, General Heleno ataca o STF e diz que toma remédio para não deixar Bolsonaro agir contra a Corte

Rafael Bruza

CPI da Covid exclui acusações de genocídio e homicídio contra Bolsonaro do relatório final

Rafael Bruza

Deportado, Djokovic deixa a Austrália e se diz ‘decepcionado’ com decisão de tribunal

Rafael Bruza

Leave a Comment