PORTAL DEMOCRACIA
Manchete

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência: Pequena Lo é impedida de embarcar em voo

Pequena Lo

Nesta sexta-feira (03) é comemorado o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. A data, também conhecida como Dia Mundial das Pessoas com Deficiência, tem como objetivo informar e conscientizar a população sobre a importância de incluir pessoas com deficiência nas esferas políticas, sociais, econômicas e culturais.

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência é comemorado, mundialmente, em 3 de dezembro

Além disso, nesse dia costuma-se alertar a sociedade contra atitudes capacitistas, ou seja, ações preconceituosas expressas contra pessoas que possuem deficiência, até mesmo sem perceber.

E foi no contexto do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, que uma das personalidades mais conhecidas da atualidade, Lorrane Silva, a Pequena Lo, sofreu uma atitude preconceituosa de uma companhia aérea.

Pequena Lo é impedida de embarcar em voo no Rio de Janeiro

Na manhã desta sexta-feira, a influenciadora digital estava no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro., aguardando o seu voo, que estava agendado para 9h45, com destino a São Paulo. A Pequena Lo foi impedida de embarcar na mesma companhia aérea que a tinha levado para a cidade cidade carioca.

O motivo do impedimento foi um transporte que Lorrane usa para se locomover, uma Skooter elétrica, cadeira que se assemelha a uma pequena moto (veja na foto de Thi Santos, abaixo). Constrangida, ela disse que deixou a aeronave, para não prejudicar a viagem dos mais de 100 passageiros.

dia internacional da pessoa com deficiência
A influenciadora digital Lorrane Silva, a Pequena Lo, foi impedida de entrar em um avião com a sua scooter elétrica, necessária para a sua locomoção. | Foto: Redes sociais/ Thi Santos

Nas suas redes sociais oficiais, a Pequena Lo comentou o caso, afirmando não entender o motivo da implicância com seu veículo de transporte, uma vez que viaja toda semana com a Skooter e nunca teve problemas. Ao jornalista Leo Dias, Lo explicou que o argumento da companhia foi a bateria da Skooter, que é em gel.

“Quando é líquida, é mais complicado. Eles sempre me perguntam no check-in para eu avisar que é bateria a gel. […] O voo atrasou uma hora e eles nada de resolver. O comandante não queria deixar eu voar, dizendo que bateria em gel não podia”, explicou Lo.

Inconformada, a influenciadora digital digital reclamou da falta de direito de ir e vir das pessoas com deficiência, destacando o fato de ter que subir uma longa escadaria para o embarque, que era remoto. “Revoltante. Isso vale para todas as companhias aéreas”, concluiu.

Related posts

Balsas de garimpo ilegal expressam a conivência de Bolsonaro com o crime ambiental, diz Marina

Rafael Bruza

Boris Johnson pede desculpas à rainha por festa na véspera de funeral do príncipe Philip

João Baricatti

Deltan Dallagnol: aumento de patrimônio e possível filiação ao Novo

João Baricatti

Leave a Comment