PORTAL DEMOCRACIA
Manchete

No Dia do Policial Federal, agentes protestam contra o governo

polícia federal

Neste 16 de novembro comemora-se o Dia do Policial Federal, mas, para a categoria, não há motivo para celebração. Agentes da PF em diversas capitais do Brasil protestaram hoje, contra o governo de Bolsonaro, por se sentirem abandonados e pedindo pela valorização da corporação.

As manifestações incluíram reivindicações a respeito de promessas que não foram cumpridas pelo governo. Segundo informações do jornal Último Segundo, associações de delegados, peritos e diversos agentes da PF estiveram envolvidos nos protestos. Em Brasília (DF), representantes das entidades estiveram em frente à sede da Polícia Federal, portando cartazes, cobrando a valorização dos servidores da corporação.

Policiais Federais protestam por valorização e cumprimento de promessas feitas pelo governo de Bolsonaro

dia do policial federal
Ato de delegados da Polícia Federal em São Paulo, nesta terça-feira (16) — Foto: ADPF/Divulgação

Os atos também tiveram o apoio da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Fenadepol) e Sindicato dos Delegados de Polícia Federal (Sindepol). 

O presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Edvandir Félix de Paiva, disse em entrevista à Folha de S. Paulo que o governo prometeu valorizar a corporação, mas que, em troca, “só tomaram porrada.”

“Salários congelados, perdemos benefícios previdenciários, perdemos com a PEC Emergencial. Cadê a valorização prometida?” 

declarou o presidente da ADPF.

No Dia do Policial Federal, os atos de protesto contra o governo também foram registrados em outros estados do país, como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Related posts

Expectativa de vida no Brasil aumenta para 76,8 anos em 2020

João Baricatti

Porchat contesta Brasil 247 e diz que votará em Ciro Gomes – não em Moro

Rafael Bruza

Aluna que ironizou morte de paciente perde estágio e é suspensa das aulas

Rafaele Oliveira

Leave a Comment