PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Política

PF demite delegada que deu andamento à extradição de Allan dos Santos

Allan dos Santos

A PF demitiu a delegada Silvia Amélia, que era chefe do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Internacional. A demissão foi determinada pelo delegado André Santini, chefe da secretaria à qual o DRCI está subordinado. O desligamento da delegada aconteceu porque ela deu andamento ao pedido de extradição do terrorista Allan dos Santos, chefe da Al Qaeda virtual bolsonarista.

Allan dos Santos é apontado pelas CPIs das Fake News e da COVID como o principal articulador do esquema de produção e propagação de notícias falsas que sustenta o regime bolsonarista. Ele está morando nos Estados Unidos para se esconder das ações do Ministro Alexandre de Moraes, responsável no STF pela investigação contra o esquema de notícias falsas.

Segundo o Painel da Folha de São Paulo, Silvia Amélia foi demitida porque ela encaminhou o processo ao governo americano sem dar ciência a seus superiores. “Eles consideraram que ela escondeu o trâmite e ignorou a sensibilidade política envolvida”, diz o jornal.

Colegas da delegada, no entanto, asseguram que ela adotou o procedimento correto, uma vez que o departamento que chefiava é um órgão técnico e dar ciência aos superiores “poderia comprometer o cumprimento da decisão do STF”.

Allan dos Santos é considerado peça-chave no tabuleiro bolsonarista. Ele atuaria diretamente sob as ordens dos primeiros-filhos Carlos e Eduardo Bolsonaro, e teria recebido apoio financeiro de empresários como Luciano Hang, o Véio da Havan, e Oscar Fakhoury, que dão sustentação ao esquema.

Desde que as investigações tocadas pelo STF começaram, Allan dos Santos já teve cancelados dois canais pelo Youtube e perdeu acesso a uma conta do Instagram. O blogueiro prometeu, no passado, que se entregaria às autoridades norte-americanas quando fosse notificado do processo de extradição.

Related posts

Justiça extingue ação de Neymar contra a cantora Zélia Duncan

Rafael Bruza

Juristas analisam o relatório final da CPI da Covid e pedem cuidado com “espetáculo”

Rafael Bruza

Olavo de Carvalho teria morrido ressentido com a família Bolsonaro

Rafaele Oliveira

Leave a Comment