PORTAL DEMOCRACIA
Jornalismo Manchete Política

Defensor de Moro no Antagonista, Mainardi diz que ‘fim do PSDB é uma ótima notícia’

defensor-de-moro-no-antagonista-mainardi-diz-que-fim-do-psdb-e-uma-otima-noticia

Autodeclarado defensor da candidatura de Sergio Moro (Podemos) à Presidência da República, o jornalista, Diogo Mainardi, realizou uma publicação no Antagonista nesta segunda-feira (22) em que aponta um “fim do PSDB” e o classifica como uma “ótima notícia”.

O partido decidiu suspender as prévias internas que escolheriam candidato da sigla à Presidência neste domingo (21).

Mainardi comenta o imbróglio e considera índices de audiência do Antagonista para analisar que o PSDB está no “fim” .

“O PSDB morreu. Ontem, durante as prévias tucanas, nosso site teve menos acessos do que no domingo passado, véspera de feriado. Para o leitor de O Antagonista, o PSDB vale tanto quanto o PMN ou o PRTB. Eu fico feliz.”, afirmou Mainardi.

Mainardi diz que sonha com o fim do PSDB desde 2006 “quando os tucanos salvaram Lula do impeachment”.

Ele afirma que em 2014 declarou voto em Marina Silva (hoje na Rede) e votou em João Amoedo (Novo) em 2018.

“Em 2018, declarei voto em João Amoêdo, com a certeza de que o duopólio tucopetista não sobreviveria à Lava Jato, embora o resto da imprensa continuasse a apostar numa virada prodigiosa de Geraldo Alckmin”, afirma. “Agora, finalmente, depois de suas prévias vexaminosas, o PSDB virou pó. Aquela representante do Acre, que votou em Eduardo Leite enquanto anunciava sua adesão ao PL, para apoiar Jair Bolsonaro, é a cara de um partido que deveria ter sido extinto quinze anos atrás. O PSDB não existe mais. Viva”.

Em outubro, Mainardi declarou voto em Sergio Moro, antes mesmo do ex-juiz confirmar sua intenção de concorrer à disputa pela Presidência.

“Sergio Moro vai vencer em 2022. É o futuro presidente do Brasil. Minha certeza é alavancada pelo fato de que procuro nas pesquisas apenas os números positivos para o meu candidato, ignorando todos os outros. Incapaz de prever o comportamento do eleitorado, que faz o que bem entende, atenho-me às minhas próprias idiossincrasias. Na minha urna mental, que é auditável e à prova de fraudes, o único voto vai para Sergio Moro”, afirmou Mainardi, na ocasião.

Related posts

Seguranças e apoiadores de Bolsonaro agridem equipes de TVs afiliadas da Globo e SBT na Bahia (vídeo)

Rafael Bruza

Sede da ONU em NY é isolada; homem aparentemente armado é visto no local

Rafaele Oliveira

Após suspender pagamento de emendas, Rosa Weber manda Câmara explicar votação da PEC dos Precatórios

Rafael Bruza

Leave a Comment