PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Saúde

Covid-19: dezenove capitais exigem o comprovante de vacinação

comprovante de vacinação

Levantamento feito pelo G1 apontou que ao menos 19 capitais brasileiras estão exigindo comprovante de vacinação contra a covid-19. Cada cidade aplica suas regras e restrições, em São Paulo, por exemplo, a prefeitura exige que a imunização seja comprovada para a entrada em eventos com mais de 500 pessoas. Para entrar em locais como bares, restaurantes e shoppings, o comprovante não é solicitado.

As dezenove capitais que exigem o comprovante de vacinação são:

  • Belém
  • Belo Horizonte
  • Brasília
  • Cuiabá
  • Florianópolis
  • Fortaleza
  • João Pessoa
  • Macapá
  • Maceió
  • Manaus
  • Natal
  • Palmas
  • Porto Velho
  • Recife
  • Rio Branco
  • Rio de Janeiro
  • Salvador
  • São Paulo
  • Teresina
vacinação covid
Covid-19: dezenove capitais exigem o comprovante de vacinação. | Foto: Fernando Gonzaga/CCS Ribeirão Preto

Na cidade de Vitória, no Espírito Santo, não é obrigatório apresentar o comprovante de vacinação para entrar em bares e restaurantes, mas, desde o mês de setembro, conforme apurado pelo G1, vacinados contra a covid-19 têm desconto em alguns estabelecimentos.

Em Aracaju, capital de Sergipe, a partir do dia 17 deste mês, será necessário apresentar o comprovante de vacinação ou teste de covid-19 negativo para entrar em eventos abertos com até 5 mil pessoas e fechados com até 3 mil. Já em Goiânia, no estado de Goiás, desde o dia 3 é recomendado a apresentação do comprovante em locais como cinema, estádios e feiras comerciais.

Leia também: Criadora da vacina AstraZeneca diz que próxima pandemia pode ser pior

Cada cidade fica responsável por impor as suas regras e restrições. Em algumas capitais, por exemplo, o comprovante de vacinação pode ser substituído por um teste negativo de covid-19 feito dentro de um período estipulado.

Passaporte da vacina

Prevista para acontecer ainda nesta segunda, uma reunião do governo deve decidir o futuro do chamado “passaporte da vacina”. A expectativa é de que participem representantes da Casa Civil, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e dos ministérios da Justiça e Segurança Pública, da Saúde, da Infraestrutura e das Relações Exteriores para discutirem termos relacionados à apresentação do comprovante de vacinação.

Related posts

Twitter suspende conta de Luciano Hang

Rafael Bruza

Demitido, jornalista Juremir Machado denuncia casos de censura no Correio do Povo, do Grupo Record

Rafael Bruza

Cyber Monday: conheça a data que reúne promoções pós Black Friday

Rafaele Oliveira

Leave a Comment