PORTAL DEMOCRACIA
Alimentos Asia Manchete

China volta a importar carne bovina brasileira

carne bovina supermercados boicote

A China anunciou que, a partir dessa quarta-feira (15), está retomada a importação de carne bovina brasileira. A suspensão de compra de carne do Brasil começou no 4 de setembro desse ano, quando foram detectados dois casos de de bovinos com Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). Os casos foram detectados e registrados em em Nova Canaã do Norte (MT) e em Belo Horizonte (MG).

O Brasil é o maior exportador de carne bovina do mundo e, a China, é a maior compradora. Os casos da doença popularmente conhecida como o “mal da vaca louca” acabou criando desconfiança, o que fez com que a exportação fosse pausada. Grande parte da carne bovina produzida no Brasil é destinada ao país asiático.

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a suspensão surgiu do Brasil “em respeito ao protocolo firmado entre os dois países, que determina esse curso de ação no caso de EEB, mesmo que de forma atípica”. O Ministério ainda afirmou: “Com isso, a certificação e o embarque da proteína animal para a China serão normalizados e podem ser retomados a partir de hoje”.

china importação carne brasil
Carne bovina voltou a ser importada pela China (Imagem: TV Globo/Reprodução)

Segundo o ministério, os bovinos desenvolveram a doença de maneira espontânea, não estando relacionada a nenhum tipo de alimento ingerido pelos animais. Eles também ressaltam que ela não é transmissível.

O secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, José Guilherme Leal, falou um pouco sobre a volta da exportação: “Retomamos o fluxo normal de exportações para a China, após período de negociação, com trocas de informações e reuniões com equipes das autoridades chinesas. É uma boa notícia para o setor porque [a China] é o principal destino da exportação de carne bovina brasileira. Então, voltamos à situação que estávamos antes da suspensão”.

China retoma importação

Em entrevista à Radio Jovem Pan, Tereza Cristina, atual ministra da Agricultura, comemorou o acontecimento: “Realmente é uma boa notícia já esperada por nós há algum tempo, já tínhamos passado todas as informações técnicas e aguardávamos a confirmação”. Segundo a ministra, por mais que a China seja nossa maior compradora, o preço da carne sentiu nas primeiras semanas, mas depois de um tempo, devido aos russos, normalizou.

 

Related posts

Depois da homofobia, da misoginia e da xenofobia surge o antissemitismo bolsonarista

Fabio Pannunzio

Moro é chamado de ‘juiz ladrão’ em ato no Recife

Rafael Bruza

Fachin acompanha Rosa Weber e já são 4 votos pela suspensão do ‘orçamento secreto’ no STF

Rafael Bruza

Leave a Comment