PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Política

‘Carro dos Flinstones’ anda por Maringá em protesto contra preço dos combustíveis

carro-dos-flinstones-anda-em-protesto-contra-o-preco-dos-combustiveis

Uma família de Maringá (PR) viralizou nesta segunda-feira (01) nas redes sociais ao fazer um protesto contra o preço dos combustíveis usando o carro dos Flintstones, que faz referência a um período pré-histórico fictício e é empurrado apenas com a força das pernas do motorista, sem uso de motor ou combustível.

A manifestação em tom de comédia rodou as ruas de Maringá e foi protagonizada por dois integrantes da família. Os manifestantes explicaram ao G1 que montaram o carro para se queixar de forma bem-humorada ao preço da gasolina na cidade, que chega a R$ 6,89 o litro.

O valor dos combustíveis no Brasil registrou quatro semanas seguidas de alta, segundo pesquisa de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP). No ano de 2021, a gasolina teve um aumento de preço acumulado de 73%.

O carro dos Flinstones usado no protesto traz ainda um cartaz de venda que faz uma espécie de propaganda do veículo.

“Ar natural, único dono, completo”, diz a placa fixada no veículo.

Antes da piada, internautas já fizeram publicações apontando que a população brasileira vai acabar usando o carro dos Flinstones por não ter condições de pagar o alto valor dos combustíveis.

Bolsonaro e Petrobras resistem em agir para reduzir preços de combustíveis

Apesar das críticas da sociedade e de protestos de caminhoneiros, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) insistiu em dizer nas últimas semanas que nada pode fazer para conter o preço dos combustíveis no Brasil.

Os altos valores se devem ao alto valor do dólar, aos grandes preços do petróleo internacional e à política de preços da Petrobras – que vincula o custo dos combustíveis no Brasil ao do petróleo internacional, negociado em dólar.

Bolsonaro poderia modificar a política de preços da Petrobras, como exigem caminhoneiros em greve. Na semana passada, no entnato, ele preferiu mentir à população dizendo que esta possibilidade não existe.

O presidente da Petrobras, general Joaquim Silva e Luna, a sua vez, afirmou no início de outubro que a chance é “zero” de a empresa atuar para segurar os preços dos combustíveis no país.

Related posts

Telegram de Sergio Moro compartilha pornografia; assessoria aponta invasão do nome de usuário

Rafael Bruza

Carnaval 2022: divulgação de blocos em SP vai na contramão do resto do estado

João Baricatti

“Marielle Peneira”: Expressão inserida no iFood é discurso de ódio contra a vereadora

Rafael Bruza

Leave a Comment