PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Política

Bolsonaro concretiza filiação ao PL

bolsonaro novo partido

Depois de dois anos sem partido, Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, se filiou a um novo partido nessa terça-feira (30). Depois de uma tentativa frustrada de fundar seu próprio partido, a “Aliança pelo Brasil”, ele negociou com diversos partidos até escolher o Partido Liberal (PL) como nova casa. Em 30 anos de política, essa é a nona legenda de Bolsonaro.

Jair já foi filiado por PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PP, PSC e, mais recentemente, ao PSL, partido pelo qual disputou as eleições e se elegeu presidente, em 2018.

A cerimônia de filiação aconteceu na sedo do PL, em Brasília, e contou com a presença de líderes do partido e aliados de Bolsonaro no governo. Além de Jair, seu filho, Flávio Bolsonaro, também se filiou ao partido e vai disputar as próximas eleições pela legenda. Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional do governo, também vai se filiar ao partido.

bolsonaro partido pl
Bolsonaro durante seu discurso de filiação (Imagem: Reprodução/Youtube)

Em seu discurso, Bolsonaro fez questão de acenar para o Centrão, grupo de partidos do qual o PL faz parte, buscando ainda mais apoio desse grupo que se aliou ao presidente no ano passado.

“Estou me sentindo aqui em casa, dentro do Congresso Nacional, aquele plenário da Câmara, tendo em vista a quantidade de parlamentares aqui presentes. Me trazem lembranças agradáveis, lembranças de luta, acima de tudo, momentos em que nós, juntos, fizemos pelo nosso país. Eu venho do meio de vocês. Venho de 28 anos na Câmara”, disse Bolsonaro.

Bolsonaro se filia ao Partido Liberal

O PL não era a única opção de Bolsonaro, que fez questão de ressaltar isso durante seu discurso: “Eu vim do PP. E confesso, prezado Valdemar, a decisão não foi fácil. Até mesmo o Marcos Pereira (presidente do Republicanos), conversei muito com ele e com outros parlamentares”.

Ele também fez questão de dizer que esse era apenas um evento de filiação, não um lançamento de candidatura: “Não estamos aqui lançando ninguém a cargo nenhum. Um evento simples, mas de muita importância, a filiação, que é a passagem para que possamos pleitear algo lá na frente”.

Ele também atacou o STF: “Nós temos um bem que está na nossa frente e não podemos desprezar, achar que ele não vai acabar nunca, um bem que nós devemos sempre zelar por ele, que é a nossa liberdade. Alguns extrapolam aqui, na região da Praça dos Três Poderes, mas essa pessoa vai ser enquadrada, vai se enquadrando, vai vendo que a maioria somos nós. E nós aqui, que temos voto em especial, é que devemos conduzir o destino da nossa nação”

Related posts

Philippe Coutinho acerta com Aston Villa

João Baricatti

Telegram de Sergio Moro compartilha pornografia; assessoria aponta invasão do nome de usuário

Rafael Bruza

Produtos nazistas são retirados do Mercado Livre e vendedor é suspenso

Rafaele Oliveira

Leave a Comment