PORTAL DEMOCRACIA
Cultura Manchete

Bell Hooks, escritora e ativista do feminismo negro, morre aos 69 anos

bell hooks

A escritora e ativista Gloria Jean Watkins – mais conhecida pelo pseudônimo bell hooks, escrito com letras minúsculas, inspirado em sua avó materna, Bell Blair Hooks -, morreu nesta quarta-feira (15), aos 69 anos de idade. Através de um comunicado no Twitter, a família confirmou a morte e disse que hooks “fez a sua transição rodeada de familiares e amigos.”

“A família de @bellhooks está triste em anunciar o falecimento de nossa irmã, tia e ótima tia-avó. A autora, professora, crítica e feminista fez a transição desde cedo, de casa, rodeada de familiares e amigos”, diz o comunicado.

Segundo informações da sobrinha de bell hooks, Ebony Motley, a escritora estava doente. Em nota à imprensa, os familiares de hooks disseram que estão honrados “com os inúmeros prêmios, honras e fama internacional que Gloria recebeu por seu trabalho como poeta, autora, feminista, professora, crítica cultural e ativista social. Temos orgulho em chamá-la de irmã, amiga, confidente e influenciadora.” Além disso, a família também declarou que uma cerimônia para homenagear bell hooks será anunciada em breve.

bell hooks escreveu mais de 40 livros sobre racismo, educação, feminismo e muito mais

bell hooks, como era conhecida, nasceu em Hopkinsville, Kentucky, em 1952. Publicou seu primeiro livro de poemas em 1978, embora registros indiquem que a autora começou a escrever seus primeiros poemas aos 10 anos. Desde então, foi responsável por escrever mais de 40 livros, que foram publicados em diversos idiomas.

A temática de suas obras envolvia raça e racismo, educação, cultura, feminismo, questões de gênero, além re relações sociais, amor e espiritualidade. Escreveu poesias, textos autobiográficos e muitas de suas obras são até hoje usadas como material didático em universidades.

bell hooks
Bell Hooks, escritora e ativista do feminismo negro, morre aos 69 anos. | Foto: Reprodução

bell hooks cresceu em uma cidade segregada e frequentou escolas segregadas. Depois, conseguiu uma bolsa de estudos em para cursar licenciatura em Letras na Universidade de Stanford, em 1973. Fez seu mestrado na Universidade de Wisconsin e um doutorado em literatura na Universidade da Califórnia, em 1983, quando fez uma dissertação sobre Toni Morrison.

Related posts

Twitter Omisso: usuários exigem denúncia de fake news; MPF oficia rede

Rafaele Oliveira

Recuperação da economia tende a não ser sustentável, afirma economista

Rafaele Oliveira

CBF vai exigir vacinação completa para 2022

João Baricatti

Leave a Comment