PORTAL DEMOCRACIA
Economia Manchete

Auxílio Brasil: governo afirma que zerou fila do programa

auxilio brasil o que muda

Em nota, o Ministério da Cidadania afirmou, nessa terça-feira (04), que zerou a fila de espera do Auxílio Brasil, novo programa de transferência de renda criado pelo governo de Jair Bolsonaro (PL) para substituir o Bolsa Família, antigo programa de transferência de renda criado durante o governo Lula (PT).

O Ministério ainda afirmou que incluiu 2,7 milhões de famílias no Auxílio Brasil em janeiro. Assim, o total de famílias beneficiadas pelo novo programa do governo deve ser de 17 milhões. Segundo a pasta,  este é o maior número de pessoas atendidos por um programa de transferência de renda do governo federal.

auxilio brasil calendario
De acordo com o Ministério da Cidadania, a fila do Auxílio Brasil foi zerada (Foto: Pixabay)

Durante o mês de janeiro, o benefício vai ser distribuído entre os dias 18 e 31 conforme o último digito do Número de Identificação Social (NIS). Ao longo de dezembro, o governo pagou o benefício para 14,5 milhões de famílias. O valor médio das parcelas ficou em R$ 408,84. (R$ 5,9 bilhões no total).

Confira calendário do Auxílio Brasil

A relação para o recebimento do Auxílio Brasil ficou assim:

  • Final do NIS 1 recebe nos dias 17 de novembro e 10
  • Final do NIS 2 recebe nos dias 18 de novembro e 13
  • Final do NIS 3 recebe nos dias 19 de novembro e 14
  • Final do NIS 4 recebe nos dias 22 de novembro e 15
  • Final do NIS 5 recebe nos dias 23 de novembro e 16
  • Final do NIS 6 recebe nos dias 24 de novembro e 17
  • Final do NIS 7 recebe nos dias 25 de novembro e 20
  • Final do NIS 8 recebe nos dias 26 de novembro e 21
  • Final do NIS 9 recebe nos dias 29 de novembro e 22
  • Final do NIS 0 recebe nos dias 30 de novembro e 23

Related posts

Após suspender pagamento de emendas, Rosa Weber manda Câmara explicar votação da PEC dos Precatórios

Rafael Bruza

Kakay, João Antonio da Silva Filho, Zelick Trajber e Claudio Maierovitch no Despertador

Bruna Pannunzio

Agricultura moderna é (a mais) sustentável (possível)!

Maria Thereza Pedroso

Leave a Comment