PORTAL DEMOCRACIA
Manchete Política

Atriz cancela peça em teatro que fez talk-show com Sergio Moro

atriz-cancela-peca-em-teatro-que-fez-evento-com-sergio-moro

A atriz Ana Beatriz Nogueira anunciou em seu Instagram que cancelou a peça “Um dia a Menos”, marcada para estrear em janeiro no Teatro dos Quadros, no Rio de Janeiro, em protesto contra um talkshow realizado nesta quinta-feira (10) no local com o ex-juiz e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro (Podemos).

“Como atriz e produtora da peça ‘Um dia a menos’, estou cancelando minha estreia em janeiro no Teatro dos Quatro”, escreveu na legenda da publicação, que compartilha foto do evento de Moro no teatro.

A atriz, conhecida por atuar em novelas da Rede Globo, recebeu apoio de outros profissionais do teatro e de milhares de internautas.

“Arrasou na decisão! Por mais pessoas como você, Ana. Te amo”, escreveu a também atriz Silvia Buarque, filha do cantor Chico Buarque, nos comentários da publicação.

“Parabéns, Ana Beatriz Nogueira pela coragem e coerência, suspendendo sua temporada  em um teatro que não tem vergonha nem constrangimento de abrir as portas pra um ex ministro da justiça injusto desde quando era só juiz”, disse no Twiter a atriz Elisa Lucinda.

Também no Instagram, o Teatro dos Quadros lamentou as críticas que recebeu por realizar o evento com Sergio Moro e afirmou que os responsáveis pelo local “sempre lutaram por liberdade de expressão” e “jamais censuraram ou limitaram qualquer manifestação”.

“O evento de hoje é uma realização independente de uma editora que contratou o espaço para fazer o lançamento de um livro. Para nós, trata-se apenas de uma relação pontual e comercial, assim como tantas outras”, explica o comunicado. “Nossa prioridade continua sendo a realização de espetáculos artísticos que continuem mantendo o nome e a história do Teatro dos 4 dentro os mais importantes e relevantes do país”.

“Pedimos que apoiem os teatros, não só o Teatro dos 4, que duramente sobreviveram a esse período triste sem poupar espaços para se manterem de pé. Tenhamos empatia, tranqulidade e compreensão. Só assim é possível”, conclui a nota do teatro.

 

Sergio Moro, a sua vez, fez tuíte após o evento no Teatro dos Quatro em que agradece a oportunidade de lançar seu livro no local – ex-ministro não comentou o cancelamento da peça “Um dia a Menos” nem os protestos realizados do lado de fora do teatro.

Moro lançou seu livro “Contra o sistema da corrupção” no local. No talskshow foi entrevistado pelo jornalista Carlos Nascimento falando a um auditório lotado, onde um locutor avisou que não haveria espaço para perguntas do público ao ex-ministro.

Antes do Rio de Janeiro, Moro passou por Porto Alegre (RS), Curitiba (PR) e Recife(PE) – manifestantes protestaram contra o ex-ministro do Governo Bolsonaro nas três cidades em que ele lançou seu livro.

Moro foi alvo de protestos no Teatro dos Quatro

Uno Rio, um grupo de artistas fez manifestação na porta do teatro que realizou o evento com Sergio Moro.

Os manifestantes questionaram por que o local foi aberto para um candidato à Presidência da República e criticaram o fato de Moro ter integrado o Governo Bolsonaro, cujos líderes promovem o sucateamento do setor cultural e frequentemente atacam artistas.

“Por que lançar o livro dele num teatro? Ele que participou de um governo que odeia a cultura”, disse uma das participantes do protesto.

O ex-juiz também foi “traidor”, “ex-funcionário” de Bolsonaro e “fascista”

O grupo de manifestantes era formado por atores e diretores, na faixa entre os 50 e 60 anos, e integrantes de um grupo de teatro chamado Cia Limite 151.

 

Related posts

Nicolelis: “Passou da hora de fechar espaço aéreo para voos da África do Sul e alguns países europeus”

Rafael Bruza

Comandante do Exército autoriza que Bolsonaro matricule a filha em colégio militar sem processo seletivo

Rafael Bruza

Testes de Covid podem acabar, alerta associação de laboratórios

João Baricatti

Leave a Comment