PORTAL DEMOCRACIA
Brasil Manchete Pandemia

Anvisa recebe pedido de uso emergencial de remédio contra Covid-19

molnupiravir remédio

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu, nessa sexta-feira (26), o pedido de uso emergencial do molnupiravir, medicamento anti-Covid desenvolvido pela empresa farmacêutica Merck Sharp & Dohme (MSD). O prazo de avaliação de pedidos para uso emergencial de medicamentos que combatem a Covid-19 é de, no máximo, 30 dias.

De acordo com a farmacêutica estadunidense: “estudos demonstram que o medicamento, quando administrado no início da infecção, tem a capacidade de reduzir casos de hospitalização e mortes”.

novo medicamento covid
O molnupiravir está sendo desenvolvido pela Merck Sharp & Dohme. (Imagem: reprodução)

A Anvisa reforça que o período de avaliação é muito importante:  “As primeiras 24 horas de análise serão utilizadas para fazer uma triagem do processo e verificar se os documentos necessários estão disponíveis. Se houver informação importante faltando, a Anvisa pode solicitar ao laboratório” E reforçaram que a análise leva tempo: “A análise não considera o tempo do processo em status de exigência técnica, que é quando o laboratório precisa responder questões técnicas feitas pela agência dentro do processo”

Anteriormente, Anvisa e Merck Sharp & Dohme já tinham se encontrado e realizado uma reunião antes de apresentar o pedido de uso emergencial do remédio de forma oficial.

O que é o molnupiravir?

O molnupiravir é um remédio antiviral e de uso oral (administrado pela boca). Ele atua impedindo a replicação do vírus dentro do sistema fazendo com que ele não se prolifere. A orientação é tomar ele duas vezes ao dia, cinco dias consecutivos.

O medicamento já tinha sido testado no Brasil, em outubro desse ano. Através de uma parceria entre a Fiocruz e a Merck Sharp & Dohme, o medicamento foi testado no Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Amazonas, São Paulo, e Rio Grande do Sul. O objetivo era verificar a eficiência do remédio em evitar a propagação e transmissão do vírus entre pessoas expostas e não expostas ao Covid.

 

 

 

Related posts

Queiroga mente e diz que 4 mil morreram com a vacina; Ministério aponta 11 mortes

Rafael Bruza

Petistas e tucanos se unem contra Bolsonaro

Rafael Bruza

Via Varejo: ações despencam após aumento de reclamações trabalhistas

João Baricatti

Leave a Comment