PORTAL DEMOCRACIA
Cultura Internacional Manchete

Alec Baldwin mata diretora ao disparar arma cenográfica acidentalmente

alec-baldwin-mata-diretora-ao-disparar-arma-cenografica-acidentalmente

A diretora de fotografia Halyna Hutchins morreu e o diretor de cinema Joel Souza ficou ferido nesta sexta-feira (22), após o ator Alec Baldwin disparar acidentalmente uma arma cenográfica no set do filme “Rust”, localizado no Novo Méxio (EUA).

A polícia confirmou que o protagonista do filme foi o responsável pelo disparo da arma cenográfica.

“Houve um acidente envolvendo uma falha de ignição de uma arma cenográfica”, disse um porta-voz de Baldwin à revista People, sem entrar em detalhes.

Segundo os investigadores, a arma de fogo estava sendo usada durante as filmagens, quando foi disparada acidentalmente por Baldwin, atingindo Hutchins e Souza.

Uma arma cenográfica tem a aparência de uma arma de fogo normal, mas carece da nocividade da arma real para ser usada em filmagens. A arma envolvida no caso será enviada para perícia, que vai analisar qual tipo de projeto foi disparado, segundo o xerife responsável.

A People informou que Halyna Hutchins foi levada de avião para o Hospital da Universidade do Novo México, onde morreu devido aos ferimentos.

Joel Souza, a sua vez, recebeu atendimento de emergência no hospital Christus St. Vincent e está em estado “crítico”, de acordo com um porta-voz do gabinete do xerife responsável pela investigação.

Ninguém foi detido até o momento. A polícia está interrogando testemunhas e as gravações do filme de faroeste “Rust” foram suspensas por tempo indeterminado.

A produção do filme mandou condolências para a família de Halyna Hutchins e publicou uma nota afirmando que “todos os trabalhadores do elenco estão absolutamente devastados com a tragédia”.

O ator Alec Baldwin foi visto “perturbado e em lágrimas” quando falava ao telefone, do lado de fora da delegacia, após seu depoimento, de acordo com o jornal “Santa Fe New Mexican”.

Ele chegou a compartilhar uma imagem nas redes sociais antes do acidente, onde brincava sobre o retorno ao set de filmagem e aparecia com uma mancha de sangue artificial.

“Voltamos pessoalmente e caramba, é exaustivo”, disse o ator na legenda da foto, que ele apagou após o ocorrido.

Related posts

“Não Olhe Para o Vírus”: Vídeo compara negacionismo de Bolsonaro com filme; assista

Rafael Bruza

Bolsonaro pediu censura ao termo ‘Golpe de 64’ no Enem; Inep tentou driblar regra de acesso ao exame

Rafael Bruza

Paulo Guedes diz que Petrobras vai “valer zero daqui 30 anos” e defende privatização

Rafael Bruza

Leave a Comment